Jogos de ritmo fazem há muito parte desta indústria. Tendo o seu auge de popularidade no fenómeno global em que se tornou Dance Dance Revolution, este género de experiências jogáveis assentes na música e na capacidade do jogador para respeitar e acompanhar o seu ritmo é um clássico dos videojogos. Do simples conceito de premir o botão correto no momento correto para que a música continue a fluir devidamente, várias fórmulas distintas foram testadas e expandiram um género com bastante potencial.

Floor Kids Imagens Analise

Na sua essência, Floor Kids, título da autoria da produtora MERJ Media, é mais um jogo de ritmo a fazer o seu caminho até ao mercado, aproveitando a popularidade da consola e o número escasso de experiências do género nela disponíveis para realizar a sua estreia na Nintendo Switch. Contudo, Floor Kids é um tipo diferente de jogo de ritmo. Sim, respeitar o ritmo da música continua a ser parte integrante da obra, ainda assim, é na liberdade que oferece ao jogador para decidir o que fazer com a batida que lhe é oferecida que este mais brilha.

Assumindo o controlo de um jovem bailarino acabado de chegar a uma nova cidade e à procura de provar o seu valor na sua nova área de residência, caberá ao jogador exibir o seu talento para a dança de rua e recrutar um grupo capaz de atingir o estrelato. Sem surpresas, a história é mínima e serve essencialmente para dar algum contexto às nossas ações e um maior sentido de progressão e crescimento deste grupo de bailarinos que começa a sua carreira num pequeno estúdio de dança e faz o seu caminho até uma performance numa cimeira da paz.

Floor Kids Imagens Analise

Uma vez que estamos perante um jogo que pretende recriar a sensação de participar numa performance de dança de rua - ou de breakdance, se assim preferirem -, para ser considerado um sucesso, Floor Kids tinha de encontrar o equilíbrio perfeito entre a noção de ritmo, a habilidade e, talvez mais importante que tudo o resto, a criatividade. Felizmente, é precisamente isso que o título consegue fazer, com o mérito acrescido de nunca complicar em demasia.

Na verdade, o esquema de controlos é o principal responsável por tornar esta obra divertida de se jogar. Todos os movimentos de dança podem ser realizados com a combinação de apenas dois botões, geralmente, o analógico esquerdo e um botão de rosto. Aqui existem quatro categorias de movimentos: Toprock (movimentos de dança em pé), Downrock (movimentos de dança no chão), Power (piruetas espectaculares no solo) e Freeze (posição estática, normalmente apoiada somente na força de braço). 

Floor Kids Imagens Analise

Como é óbvio, a transição entre as diferentes categorias é obrigatória para obter a melhor pontuação, sendo que o título incentiva o jogador a experimentar todo o arsenal de movimentos à disposição para que tal aconteça. Com quatro movimentos de dança para cada uma das categorias assente na mesma combinação de botões, o jogador sente sempre que está em controlo sobre a ação e que sabe exatamente aquilo que quer realizar em determinado momento.

Ao manter o número de movimentos num valor simpático, a produtora faz com que não seja necessário um grande esforço de memorização para retirar o melhor que cada bailarino tem para oferecer. Sendo classificados no final entre 1 e 5 estrelas, a nossa performance é avaliada segundo a nossa capacidade para realizar o maior número diferente de movimentos, o nosso desempenho nos segmentos de ritmo mais tradicionais da música, na adição de mais estilo aos movimentos com o premir do botão L ou R e de realizar sequências de movimentos específicos para determinada personagem.

Floor Kids Imagens Analise

Sem surpresas, o valor necessário para atingir as cobiçadas 5 estrelas vai aumentando com a progressão na campanha, o que significa que a estratégia que chegava para obter a classificação máxima no início, provavelmente só chegará para uma classificação de 3 estrelas nos últimos níveis. Essencialmente, ao fazer isto, o jogo obriga-nos a sair da nossa zona de conforto, a testar outras personagens, a testar outras combinações e estratégias para uma mais eficaz acumulação de pontos. Como não poderia deixar de ser, caberá ao jogador encontrar a motivação para descobrir a chave para o sucesso.

Ao longo da campanha a solo, o jogador vai desbloquear novas áreas de dança, cada uma delas composta por 3 músicas distintas, e novas personagens. Mas as diferenças entre as personagens vão muito para lá da aparência, uma vez que cada uma delas possui uma diferente distribuição de atributos nas quatro categorias de movimentos já mencionadas. O mesmo é dizer que será muito mais fácil acumular pontos em Toprock com uma personagem especializada nessa categoria, do que com uma que seja mais forte no Downrock.

Floor Kids Imagens Analise

Floor Kids dá-nos a liberdade para compor a nossa performance da forma que bem entendermos, mas isso não significa que não exista uma quota parte de estratégia envolvida para se obter os melhores resultados. Perceber que personagem se adapta melhor às nossas preferências e ao nosso estilo de dança e diversificar ao máximo os movimentos utilizados são alguns dos elementos a ter em conta, sendo que apenas uma gestão habilidosa de todos eles vos garantirá as 5 estrelas nos níveis finais da campanha.

Dito isto, a obra da MERJ não está isenta de problemas e, infelizmente, um desses pontos negativos está associado a um dos elementos mais importantes de uma obra deste género. Não, a banda sonora não é má. Na verdade, a banda sonora é extremamente agradável e enquadra-se perfeitamente na temática do jogo. No entanto, as suas músicas fazem um trabalho pobre em diferenciarem-se entre si, confundindo-se facilmente umas com as outras. A duração do jogo pode também desiludir alguns. É bastante fácil desbloquear tudo o que o título tem para oferecer numa só tarde, sendo que o tempo necessário para obter as 5 estrelas em todas as músicas já dependerá mais da vossa habilidade.

Floor Kids Imagens Analise

Já no que diz respeito ao departamento visual, Floor Kids é um autêntico regalo para os olhos. Como facilmente se percebe pelas imagens que acompanham este texto, o estilo visual da obra é altamente apelativo e resulta tanto em imagens estáticas, como em movimento. Desenhado à mão e com um design que o faz parecer o resultado de um caderno de rascunhos de um qualquer estudante de arte, estamos perante uma experiência visualmente cativante e que agarra imediatamente a nossa atenção.

Apesar da curta duração e de uma banda sonora que podia ser mais diferenciada, Floor Kids é um jogo de ritmo de excelência que prima pela liberdade que oferece ao jogador e a forma como premeia a sua criatividade. Com uma profundidade assinalável, mas servindo-se de um esquema de controlos acessível, o título torna-se uma recomendação fácil para qualquer fã do género. Querem mais ainda? Podem utilizar as capacidades únicas da Nintendo Switch para participar em batalhas de dança com os vossos amigos localmente.