O apoio das editoras third party é um fator fundamental para o sucesso comercial a nível global de uma nova consola. A Ubisoft decidiu avançar com a mais recente entrada numa das suas séries de maior sucesso, Just Dance 2017, para experimentar como se comportam os consumidores quanto à Nintendo Switch. Sinceramente, tendo em conta a audiência que a série dança abrange, Just Dance 2017 é uma boa forma de avaliar o mercado para a gigante gaulesa dos videojogos dar luz verde à produção de títulos na consola nipónica.

É por isso imperativo perceber o que significa a presença de Just Dance 2017 na Nintendo Switch. O suporte à Nintendo continua seja qual for o resultado comercial das vendas do título de dança. Porquê? Pelo simples facto das versões Wii e Wii U serem as que mais venderam Just Dance 2017 até o momento em que foram escritas estas linhas de texto. Porém, se a nova edição de Just Dance é mais cara na Nintendo Switch, praticamente o dobro do preço das outras versões, não existe (à partida) nenhuma razão para adquirir esta versão.

Imagens Analise JD 2017

A fórmula não se alterou muito ao longo dos anos: aparecem cartões no canto inferior direito do ecrã com as indicações dos movimentos de dança que têm de executar. Façam tudo corretamente e acumulem o máximo de pontos possível para conquistarem as cinco estrelas, o equivalente a uma medalha de ouro. Contudo, existem algumas variações à base do jogo vindas de outras entregas anteriores na série. Dance Quest propõe-vos jogar numa lista pré-definida de três músicas contra a Inteligência Artificial e subir ao pódio com um dos três troféus na mão, consoante a pontuação obtida. E se gostam de dançar com a finalidade de perder calorias, Sweat também está de volta à série. E depois, há também os modos online. 

Imagens Analise JD 2017

Just Dance TV é uma adição muito estranha, pelo simples facto de estar limitada na versão Nintendo Switch. Aqui os jogadores, na mais recente consola da Nintendo, estão restritos a poderem ver os vídeos partilhados pela comunidade das suas sessões de dança. Pelo facto da Nintendo Switch não ter uma câmara, como por exemplo o GamePad da Wii U, não é possível gravar e partilhar vídeos na rede social do jogo, apenas colocar “likes” e ver o que é que está com uma maior popularidade. 

Ainda no domínio do online, há World Dance Floor. Aqui é a competição clássica da luta pela maior pontuação. Antes de irem para uma pista de dança virtual, selecionam as músicas em que mais confortáveis estão para dançar e são levados a competir diretamente com outras pessoas. Este é um daqueles modos muito difíceis de ultrapassar caso a concorrência seja muito experiente. Porém, há um modo totalmente novo intitulado de Just Dance Machine. Aqui a premissa do jogo é transformar quem dança numa fonte de energia, porque os extraterrestres ficaram encalhados no Espaço, sem energia para voltarem para casa. Dancem incansavelmente para que possam ajudar estas criaturas. 

Imagens Analise JD 2017

O que varia de ano para ano em Just Dance é a lista de músicas escolhidas a dedo para incluir no título. A Ubisoft afirma que está é a “mais diversa lista de músicas” da série. Com nomes como Ariana Grande, The Weeknd e Shakira a interpretarem êxitos comerciais como “Into You”, “Can't Feel My Face” e “La Bicicleta”, respectivamente, há a garantia de festa para os mais novos e para quem aprecia música pop, hip-hop, rock muito leve (como é o caso dos Maroon 5 e de uma música dos Queen) e os vários sub-géneros que incluem. É uma ótima seleção, onde há sempre alguém que sabe a letra, a coreografia ou o ritmo da música.

Para a Nintendo Switch não há nada que se possa classificar de exclusivo, a não ser a possibilidade de jogar em modo superfície estável. Mas dado o tamanho do ecrã, não se vê com claridade os minúsculos cartões com os movimentos de dança. Liguem a consola à televisão e têm diversão para todas as noites em que selecionarem Just Dance 2017. Todavia, não é descabido argumentar que não  há muito mais para além de uma nova selecção de músicas e que Just Dance Machine não acrescenta assim tanto à experiência.