por - Jul 23, 2021

Mario Golf: Super Rush – Análise

O golfe é um desporto onde se deve calcular muito bem as pancadas que se dão na bola. Mario Golf é um videojogo onde, mesmo que o cálculo das pancadas seja mal feito, é raro não nos divertirmos, até porque há muito conteúdo de onde podemos retirar essa alegria de passar uma boa sessão com um videojogo da Nintendo. E o facto de incluir uma campanha a solo é sinal que houve esforço colocado na produção do jogo.

Adoro quando uma produtora decide criar uma narrativa num jogo onde normalmente não se fazem histórias, porque além de ser uma excelente maneira dos jogadores ficarem a par das principais mecânicas, é um ótimo treino para os modos multijogador. A Camelot fez uma campanha notável em Mario Tennis Aces (Análise VideoGamer Portugal) e em Mario Golf: Super Rush volta a repetir um bom trabalho.

Surpreendentemente, Mario Golf: Super Rush é o primeiro jogo da série que utiliza os sensores de movimento dos comandos, para os jogadores poderem dar tacadas como se tivessem a segurar um autêntico taco de golfe. Contudo, quem tinha uma Wii podia fazer os movimentos a simular um swing com um taco de golfe com o Wiimote em Wii Sports, um dos jogos mais populares da consola doméstica da casa de Quioto. Assim, Mario Golf: Super Rush é uma espécie de regresso a essa era dourada da Nintendo.

Se querem jogar golfe de forma tradicional, até quatro jogadores, podem fazê-lo online ou, preferencialmente, no mesmo local. Obviamente que é sempre bom termos a opção de jogar através da Internet, sobretudo quando a saúde pública está ainda em risco. Seja qual for a a maneira de jogar escolhida, não faltarão momentos apropriados para se rirem na cara dos vossos amigos quando falharem uma tacada e vos derem, assim, a oportunidade de ganhar a partida.

A grande novidade introduzida na série é Speed Golf, algo que devem ter, provavelmente, visto em vídeos promocionais do jogo produzido pela Camelot. O conceito é simples e o nome deste modo denuncia, claramente, no que consiste. Em Speed Golf temos de dar tacadas, tal como em qualquer jogo de golfe, mas depois têm de correr até onde caiu a bola. Como é óbvio, os outros jogadores estão a competir com vocês ao mesmo tempo. Por isso, convém acelerarem o passo até à bandeirola que assinala o buraco onde têm de colocar a bola – o vosso objetivo.

Saber para onde mandar a bola é tão importante como correr até onde aterrou, porque se usarem a técnica Super Rush – uma habilidade que vos permite fazer um pequeno sprint – podem derrubar os vossos oponentes, assim como empurrar as suas bolas de golfe para longe. Isto é tudo muito divertido, mas, incompreensivelmente, só podem jogar dois jogadores por consola. A solução para terem a experiência Super Rush completa passa por jogarem online, ou convidarem alguém que tenha uma consola com o jogo para jogarem a quatro.

Battle Golf é mais um modo de jogo que pega nas mecânicas base de Speed Golf e coloca os jogadores numa arena onde se vai desenrolar a batalha. Estas arenas não são pistas de golfe tradicionais, são espaços que partilham mais semelhanças com, por exemplo, a pista Wario Stadium de Mario Kart. O objetivo passa por colocar três bolas nos diferentes buracos da arena, enquanto jogam, em simultâneo, com outros adversários para complicar o jogo, no entanto serve sobretudo para injetar muita diversão.

Cross-Country, também conhecido como XC Golf, funciona de forma similar a Battle Golf. Em vez de um mapa reduzido, é-vos dado um espaço enorme com várias pistas e, por isso, buracos quanto baste. O objetivo deste jogo é a clássica colocação de bolas com o mínimo de pancadas possível. O problema é que alguns mapas têm elevações excessivamente íngremes e, para ultrapassar estas dificuldades, somos obrigados a recorrer a tornados que por lá andam. Contudo, também temos de alinhar bem a tacada para que consigamos afastar a bola deste local. Assim, Cross-Country acaba por ser mais frustrante e lento do que o desejado.

Obviamente que há muito a aprender num jogo de golfe e Mario Golf: Super Rush não é exceção. Para ajudar no processo de aprendizagem existe a campanha, já mencionada, que faz um excelente trabalho a ensinar-nos tudo o que há para saber. Não vamos saber todas as técnicas e habilidades especiais que podemos utilizar no jogo, como também podemos aprender todos os termos técnicos deste desporto com um glossário que está lá incluído. Aprender a jogar golfe, nas regras e na realidade de Mario Golf: Super Rush, é divertido e nunca nos sentimos aborrecidos por estar a jogar de uma forma mais pausada, para que possamos absorver bem tudo o que nos é ensinado.

Apear das limitações, explorar a “cidade do golfe” neste jogo é bastante interesasante. Nunca falta uma personagem pronta para nos lançar um desafio, para evoluirmos enquanto aprendizes de golfe. Cada zona desta localidade tem as suas condições atmosféricas específicas, como por exemplo, níveis onde há tempestades, um deserto árido ou um nível repleto de lava. Basicamente, se pensarem numa temática de um nível de um jogo da série Super Mario Bros. é bem provável que tenha sido transformado numa pista de golfe em Super Rush.

Em suma, o modo Adventure é curto, contudo diverte enquanto dura. No entanto, sente-se que falta algo que nos faça prolongar a nossa estadia na campanha, porque se não tivermos ninguém com quem jogar Mario Golf: Super Rush, não há grandes motivos para adquirir esta obra da casa de Quioto.

Visualmente, Mario Golf: Super Rush é aquilo que esperamos de um jogo inserido no universo de Mario – colorido, com animações cómicas e bastante polido. Dado que é um jogo de desporto, esta entrada continua a ser similar a outros títulos onde as personagens do Reino Cogumelo praticam um desporto específico. Ou seja, para se retirar o máximo de Mario Golf: Super Rush precisam de o jogar com amigos, caso contrário é difícil recomendar que comprem esta obra que está mecanicamente bem construída, apesar de alguns modos serem frustrantes em algumas ocasiões pontuais.

veredito

Uma entrada sólida na série, contudo só se aproveita bem o potencial do jogo quando entramos no multijogador. A campanha é uma boa forma de aprender todas as divertidas mecânicas que Super Rush tem para oferecer.
7 Jogabilidade sólida. Multijogador divertido. Campanha demasiado curta. Limitações do multijogador local.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Mario Golf: Super Rush

para Nintendo Switch

Lançado originalmente:

25 June 2021