Há títulos que são especificamente desenhados para uma falange de jogadores. Só eles conseguem retirar uma boa experiência. Mutant Mudds Super Challenge entra nesta categoria que tantos produtores tentam replicar sem atingir este objetivo: uma nostalgia que remonta às dificuldades de jogos NES como Mega Man, Ninja Gaiden ou Ghosts'n Goblins.

Mutant mudds super

O título da Renegade Kid não tenta revolucionar o género de plataformas, nem sequer reinventá-lo. Aqui é proposto aos jogadores um novo e grande desafio para quem adora este género e, sobretudo, é um ás a ultrapassar dificuldades. Aprendizagem rápida e habilidade exímia são competências necessárias no currículo de quem for jogar Mutant Mudds Super Challenge. Ou então uma paciência enorme, pois vão ver o contador das vezes que perderem a subir consideravelmente - o meu está quase nos cento e cinquenta.

Max é chamado outra vez à ação. Desta vez, por outros quarenta e cinco níveis este tentará livrar-se de vez dos alienígenas de aspeto lamacento - como sugere o nome do jogo - com as escassas, mas suficientes ferramentas necessárias para progredir nível a nível. Um aspeto que a produção tem de acertar na mouche em jogos de plataformas é o seu design. Jools Watsham, responsável de design e arte, foi minucioso em todos os seus detalhes. Todos os níveis foram desenhados de forma cirúrgica, em que saltos travessias e inimigos pareçam impossíveis de suplantar. Claro, na primeira tentativa.

Mutant mudds super chalenge

Têm dois itens essenciais: uma pistola de água e um waterpack. O primeiro, como é evidente, serve para eliminar a horda de seres extraterrestres. O segundo para sobrevoar vários perigos. Uma boa palavra para definir o estado que foi construído cada nível, um verdadeiro perigo para a sobrevivência do rapaz louro. Existem os clássicos espigões afiados, fundos abismos para a morte e oponentes de uma enorme (e surpreendente) variedade.

Quando se vê inimigos de lama, a resposta automática é abatê-los no momento em que os temos na nossa mira. Mas enquanto alguns podem ser eliminados a partir de um local seguro, muitos outros vão requerer uma certa perícia. Como por exemplo, há um que tem de ser dizimado durante um salto e uma travessia com o waterpack, com a dificuldade acrescida de termos de aterrar ao milímetro numa plataforma que se movimenta verticalmente entre duas fileiras de espigões. O perigo está literalmente em todo o lado.

Mutant mudds super chalenge

Mutant Mudds Super Challenge não é apenas uma viagem do ponto A ao B. Entre estes dois existem moedas espalhadas pelo cenário para serem recolhidas, muitas delas escondidas, ou localizadas em sítios remotos de acesso restrito. E é aqui que o produtor espicaça a obsessão compulsiva do jogador em apanhar tudo; o lado colecionista que tantos títulos incentivam a ser seguido. É um risco deixar que a recolha completa nos estrague o progresso - quando o checkpoint está mesmo ali à frente.

Contudo é um preço justo a pagar pela nossa falta de atenção. O salvamento temporário do jogo está em espaços estrategicamente colocados pelo produtor, quase sempre a meio caminho percorrido do nível em questão. É sempre um respirar de alívio quando os atingimos; uma recompensa momentânea que se pode prolongar até ao final do jogo.

Mutant mudds super chalenge

O grafismo em pixel art está representado na perfeição. Assenta que nem uma luva no género que se insere. E nas quatro dezenas de níveis em que vão testar a vossa resiliência, é impressionante vermos novamente por onde paira a imaginação de Watsham. Não faltou variedade por todas as suas componentes que definiram a arte do jogo. Também a componente sonora, nomeadamente a música (arranjada por Troupe Gammage), não desilude. Melodias que podiam muito bem fazer parte da nostalgia de jogadores que ainda hoje se lembram dos sons produzidos pelas suas consolas domésticas nas décadas de oitenta e noventa.

Em conclusão, esta obra não é para qualquer um. A hipótese de se sentirem frustrados é bem mais alta do que em Super Meat Boy, Shovel Knight ou VVVVVV. Os controlos estão ajustados com grande precisão, mas recairá no jogador a arte de os explorar corretamente nas diversas situações que encontrará.