Quem produz videojogos tem, inevitavelmente, de conduzir uma pesquisa para saber qual o seu público-alvo da sua próxima obra. Assim, há uma maior probabilidade de rentabilizar as vendas. Por isso, é perfeitamente compreensível que a Nintendo continue a apostar em novas entregas da série New Style Boutique para a sua consola que é totalmente portátil - a Nintendo 3DS. 

As jovens adolescentes que ainda têm um aparelho dedicado aos videojogos, além do seu telemóvel, são o grande alvo a atingir pela Nintendo. Preconceito ou não, o certo é que uma boa fatia desta juventude gosta e aprecia bastante moda, nomeadamente terem o que se chama de ter estilo ao combinar diferentes peças de roupa, a manicure periódica tratada, assim como o cabelo arranjado segundo as novas tendências aconselhadas pelo cabeleireiro. Por isso, não é descabido uma produtora somar um mais um e tentar a sua sorte com jogos visados ao público que lhes interessa com Nintendo Presents: New Style Boutique 3 - Styling Star - o quarto jogo da série.

Imagens Analise New Style Boutique 3

Vocês ficarão responsáveis de uma loja de roupa que vos foi entregue pelo vosso tio. Este não tinha o sentido de estilo necessário para gerir uma loja deste género, por isso seguiu um outro caminho laboral que não o de vender peças de vestuário e, inclusivé, fazer recomendações aos seus clientes segundo os seus gostos e personalidades. É nesta altura que temos de criar a nossa personagem, uma mulher na qual podemos escolher vários tipos de traços físicos, nomeadamente, no seu estilo de cabelo e de roupa. 

A vossa principal função na loja será o de vender roupa, como é mais que óbvio, mas são vocês que terão de escolher o que vendem aos vossos clientes. Acertar ou não nos pedidos estará bastante dependente da vossa própria capacidade em reconhecer as características de diferentes estilos, como o gótico, feminino, moderno ou casual, só para citar alguns exemplos. Falhar só vai adiar a vossa progressão na história e no desbloqueio de novos elementos na jogabilidade. Acham que acertam sempre em cheio? Então podem-se exibir nas redes sociais, se não tiverem problemas em utilizar o sistema arcaico do Image Share.

Imagens Analise New Style Boutique 3

Uma das grandes partes do jogo é saber gerir um loja que é visitada por clientes de gostos diferentes e muito particulares. É muito curioso tentarem pela primeira vez arranjar roupa que se encaixe no perfil de alguém quer algo na linha de “baby doll” ou “boho-chic”. É uma experiência muito divergente, entre as quais estou mais habituado a jogar. 

Mas claro, o que Styling Star consegue recriar é um ecossistema que vive e trabalha para o vosso mundo da moda personalizado. Há semelhanças claras entre Animal Crossing, onde temos de manter feliz todas as personagens que nos pedem favores, à medida que acumulamos ainda mais conteúdo para jogar. Há tantos tipos de estilo, que certamente haverá algo que possam encontrar que satisfará os vossos desejos de vaidade. Após o véu de todas as mecânicas ser levantado, descobre-se um jogo que tem uma surpreendente profundidade.

Imagens Analise New Style Boutique 3

Tecnicamente, este não é o jogo mais bonito que passou pela Nintendo 3DS, apesar da idade da consola há produtores que sabem jogar muito bem com estas limitações. O melhor seria assumir a sua identidade visual novel e adoptar a direção artística adequada a este título. A sonoridade pejada de música pop instrumental encaixa na temática do jogo, mas é preferível abrir uma playlist do Spotify com música jovem atual do que ouvir repetidamente os mesmos sons e faixas de música.

Styling Star é a quarta entrada de uma série que eclodiu na Nintendo DS, com uma audiência que quer atingir bem definida. Não obstante, será certamente mais um jogo em que os jogadores mais tradicionais não irão sequer tocar. Contudo, quem aprecia o que a Syn Sophia, anteriormente conhecida por AKI Corporation, fez com a série tem aqui um título que se recomenda jogar.