Filipe Urriça por - Aug 24, 2017

Overcooked: Special Edition (Switch) – Análise

O ambiente laboral, para funcionar na perfeição, requer muito trabalho de comunicação, para que tudo se desenvolva como uma máquina bem oleada, com as rodas dentadas alinhadas ao milímetro. Um ambiente de uma cozinha de um restaurante galardoado com estrelas Michelin tem que estar exatamente como descrevi, um passo em falso e é meio caminho andado para a catástrofe. E é esta catástrofe que Overcooked fomenta, é das situações caóticas que serve como prato principal, numa Nintendo Switch, para uma sessão fantástica de videojogos com um grupo de amigos.

Se já viram algum episódio de MasterChef têm a mínima noção do quão caótica se pode tornar uma cozinha com um restaurante lotado. Overcooked pega nessa noção e coloca desafios para se preparar refeições que são pedidas pelos clientes. Imaginem um cozinha com um layout bastante confuso, mas onde têm de saber o menor caminho possível para efetuarem todas as tarefas e conseguirem entregar a tempo o que vos foi pedido. 

Imagens Analise Overcooked

É aqui que entra uma jogabilidade simples e acessível: dois botões e o analógico para moverem o vosso cozinheiro pelo espaço de trabalho. É simples, mas há uma sequência lógica para cada refeição. Cada passo vem sempre a seguir a outro – enquanto um trabalha no seguimento do processo, o outro tem de começar a adiantar serviço numa outra área. 

É possível jogar sozinho, todavia não tem a mesma piada. Prefiro criar confusão com amigos do que estar sozinho no meu canto a controlar duas personagens. É uma tarefa impossível para mim e não consigo pensar com tanto avanço. Consegui, no entanto, reservar para uma área ou outra uma determinada tarefa. Por exemplo, enquanto um já tirou uma cebola para cortar às rodelas, durante este processo, o outro pega numa outra cebola para começar, também, a cortar. O outro repete o processo e quando a terceira cebola está a ser cortada, quem estiver livre prepara a panela para a sopa de cebola ser preparada. Uma vez terminada e entregue ao cliente, este ciclo tem que ser repetido. A não ser que haja outros pedidos mais urgentes com outros ingredientes, mas a lógica é essencialmente a mesma.

Imagens Analise Overcooked

O que é genial – e o principal catalisador do caos no jogo – são as áreas dinâmicas, que obrigam cada cozinheiro a estar no seu devido lugar, caso contrário a equipa perderá tempo precioso na confecção de refeições. Um sismo poderá abalar regularmente a vossa cozinha e separar duas áreas, para depois voltarem ao normal num novo tremor. Poderão até estar separados de início e terem de passar utensílios, pratos, frigideiras, etc, e alimentos (confeccionados ou não) através de um tapete rolante. Há também um nível onde têm uma cozinha em duas partes separadas pela área traseira de dois camiões, devido ao trânsito afastam-se obrigatoriamente. É acertar neste timing que é essencial, que pode dividir o resultado entre o entregar uma refeição perfeita que deu direito a uma gorjeta generosa e uma que foi ao lixo por não se ter retirado atempadamente da panela.

Imagens Analise Overcooked

A comunicação entre quem está a jogar é vital, para se saber o que se está a fazer, o que é preciso fazer e o que será feito dentro de minutos. É um exercício entre saber o que é pretérito, presente e futuro, sabendo que o futuro só pode ser um para ultrapassar o desafio proposto. Ficar enervado por haver uma falha na coordenação, por ouvir o barulho enervante do alarme quando algo está prestes a queimar ou quando as mãos suadas vos fazem enganar algum movimento que queriam fazer, é o pão nosso de cada dia em Overcooked. Ter nervos de aço para tudo correr bem é a chave do jogo, ou então fazer de propósito só para criar situações cómicas entre amigos também é uma forma plausível de jogar Overcooked.

Imagens Analise Overcooked

Com mais de quarenta níveis, incluindo os DLC The Lost Morsel e The Festive Seasoning, Overcooked: Special Edition é uma excelente opção para quem gosta de um party game simples e eficaz naquilo que pretende. Contudo, se não têm com quem jogar este título, mais vale procurarem outro no catálogo da eShop.

veredito

Um dos jogos mais divertidos para multijogador local na Nintendo Switch. As situações caóticas que provoca são o condimento ideal para sessões de autêntica confusão até quatro jogadores.
8 Variedade de cozinhas onde se trabalha. Estratégias elaboradas necessárias para ultrapassar os desafios. Simplicidade da jogabilidade. Alguns soluços técnicos.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Overcooked

para Nintendo Switch, PC, PlayStation 4, Xbox One

Prepare, cook, and serve meals in this chaotic 4-player cooking party game.

Lançado originalmente:

02 August 2016