Ao longo dos últimos meses, Tales from the Borderlands tem sido uma agradável surpresa e uma das mais interessantes obras disponíveis no mercado. Agora, quase um ano após o lançamento do seu capítulo de estreia, a série episódica da Telltale Games vê finalmente o seu quinto e último episódio ser disponibilizado nas mais diversas plataformas.

Tales from borderlands 1

Intitulada The Vault of the Traveler, esta entrada é o culminar de uma narrativa que fez do seu humor e personagens as suas melhores qualidades, elementos que são fundamentais para que o capítulo final da série tenha o impacto pretendido nos jogadores. A qualidade de Tales from the Borderlands não foi uma surpresa devido ao pedigree da aclamada produtora independente, foi sim uma surpresa por se inspirar numa propriedade intelectual longe do tom mais dramático das restantes sagas, seja The Walking Dead, The Wolf Among Us ou até mesmo Game of Thrones, pelas quais a Telltale é mais conhecida.

Felizmente, a capacidade de adaptação da produtora americana fez com que o carisma do universo dos populares Atiradores na Primeira Pessoa da Gearbox Software se traduzisse numa fantástica aventura repleta de personagens memoráveis, humor entregue sempre de forma perfeita e no momento ideal, e doses consideráveis e necessárias de ação para que esta série encaixe de forma adequada num dos universos mais violentos da indústria. Na verdade, a série que agora termina ficará na memória de muitos jogadores como uma das melhores narrativas que já experienciaram e fá-lo sem nunca entregar verdadeiramente os socos emocionais que normalmente ficam mais facilmente cravados no nosso cérebro.

Tales from borderlands 2

Na verdade, o último episódio conta, como seria de esperar, com mais momentos emocionais que todos os capítulos anteriores juntos, mas todos eles são lidados com a mestria de uma produtora que compreende na perfeição o universo que está a trabalhar. Não estranhem por isso que num momento pungente e marcante da narrativa deem por vocês a soltar uma gargalhada proveniente de uma piada que veio no momento certo para quebrar por completo a tensão sem nunca ser forçada ou descontextualizada relativamente à personalidade dos protagonistas.

Do princípio ao fim, The Vault of the Traveler é caracterizado por manter constantemente os níveis de tensão em valores bastante elevados, apenas intercalados por curtos momentos de maior acalmia e transição entre pontos narrativos. Dessa forma, era essencial que o humor que suportou toda a temporada até então se mantivesse eficaz e pertinente. Felizmente, é isso mesmo que acontece e nunca é demais salientar a qualidade da entrega do mesmo por parte de Troy Baker, Jennifer Hale e Ashley Johnson, os principais protagonistas dos momentos mais hilariantes do episódio.

Tales from borderlands 3

Mas não é só de humor que se faz a experiência de Tales from the Borderlands. Isto porque a conclusão da série conta também com vários momentos memoráveis em que o humor é colocado de lado para que a qualidade de escrita e caracterização das personagens venha ao de cima e dessa forma produza diálogos brilhantes e nos aproxime ainda mais dos protagonistas. "Todos pensam que são o herói da sua própria história". Esta é apenas uma das várias linhas de diálogo que ficaram presentes na mente do jogador muito depois dos créditos terem rolado pelo ecrã.

Para além de todas as componentes mencionadas nos parágrafos anteriores, o último episódio apresenta também uma batalha de proporções épicas que fará certamente os jogadores recordar com saudades os seus tempos de vault hunting. Ainda assim, apesar de todo o espetáculo visual proporcionado por esta sequência de ação, não pude deixar de pensar que esta se arrastou durante mais tempo do que o desejado. No entanto, como é óbvio, jogadores mais sedentos de ação ficarão certamente agradados com esta cativante cena de combate.

Por fim, resta apenas mencionar aquilo que, infelizmente, já se tornou praticamente uma obrigatoriedade em qualquer obra da Telltale, ou seja, os constantes problemas técnicos que prejudicam de sobremaneira a experiência, quebrando a nossa imersão numa narrativa repleta de tensão. Desde texturas a aparecer e a desaparecer do nada, soluços técnicos com a framerate e alguns momentos em que as falas das personagens diminui inexplicavelmente de volume para níveis praticamente inaudíveis e que me passariam completamente ao lado não fosse o meu hábito de jogar sempre com legendas. Com o passar do tempo, estes problemas tornam-se cada vez menos aceitáveis, especialmente quando ao mesmo tempo que as questões técnicas aumentam, a produtora continua a adicionar mais séries ao seu catálogo.

Tales from borderlands 4

Tales from the Borderlands: The Vault of the Traveler é uma excelente conclusão para uma excelente série episódica que deixará certamente saudades em muitos jogadores. Neste último capítulo da temporada, o humor continua entregue de forma exímia, as personagens tornam-se mais humanas e a tensão mantém-se de forma constante em níveis elevados. Todos estes elementos conjugados permitem à Telltale entregar mais um pedaço de conteúdo de alta qualidade que apenas é prejudicado pelos constantes problemas técnicos.