Apesar de não terem porventura a cobertura mediática de outros géneros, os jogos de combate, luta e pancadaria gozam de uma popularidade e criam comunidades fervorosas que causam inveja aos maiores colossos da indústria. Os últimos meses, por exemplo, têm sido de enorme atividade nesta secção dos videojogos. Street Fighter V teve um lançamento atribulado e embora as vendas estejam longe de serem as melhores, voltou a oferecer a jogabilidade popular e adorada pelos seus fãs mais hardcore. Já este ano, Injustice 2 comprovou que é possível produzir uma experiência com a complexidade esperada de uma obra deste género sem sacrificar o mais casual dos jogadores.

Tekken 7 Imagens Analise

Agora, é a vez de Tekken regressar à ribalta. Tal como a série da Capcom, a série que acompanha a saga da família Mishima também já conta com uma boa quantidade de anos de existência no seu currículo. Tekken 7 marca a estreia de Heihachi Mishima e companhia nas novas consolas e o regresso da série ao ocidente após o lançamento do bastante bom Tekken Tag Tournament 2 em 2011. Infelizmente, a nova obra de Katsuhiro Harada parece não ter aprendido com os defeitos e qualidades daqueles que vieram antes de si e comete alguns erros importantes que a impedem de se fixar como uma experiência capaz de cativar mais do que apenas os fãs acérrimos da série e do género.

Tentando focar os seus esforços no grupo de jogadores que assegurará a longevidade do título, Tekken 7 direciona os seus jogadores para a componente online da experiência. É lá que os melhores e mais corajosos se enfrentarão, se vão melhorar mutuamente e aprenderão novas estratégias e estilos de combate para retirar o máximo partido do elenco de personagens à sua disposição. Não é particularmente inovador na seleção de modos que oferece, mas estão lá os mínimos. 

Tekken 7 Imagens Analise

Player Match, Ranked Match e Tournament são as opções e nenhuma delas surpreende naquilo que oferece. Player Match é o modo ideal para testarem as águas nos confrontos contra outros jogadores de carne e osso, enquanto que Ranked Match coloca-nos na luta pelo melhor registo de vitórias e derrotas possível para subirem ao longo das tabelas de líderes. Por sua vez, o modo Tournament cria uma competição a eliminar para até 8 jogadores. Se é compreensível a tendência de obras deste género apostarem forte na competição entre os seus jogadores mais dedicados, torna-se pouco aceitável que cheguem ao mercado com claros problemas técnicos nesse departamento.

Durante as minhas sessões de jogo, tive de ultrapassar períodos demasiados longos de espera para encontrar adversários - tanto em Player Match, como em Ranked Match - e nunca consegui participar num Tournament em que todos os jogadores tivessem níveis de qualidade de ligação aceitáveis para que os combates não fossem significativamente afetados pela latência. É certo que Tekken 7 faz um bom trabalho em colocar-me em confronto com adversários dentro do meu nível de habilidade, mas isso não compensa a enorme quantidade de tempo morto entre combates à procura de novos adversários. Melhorias foram prometidas com atualizações futuras, mas até agora ainda não chegaram.

Tekken 7 Imagens Analise

No que diz respeito aos modos de jogo offline, o título também não consegue estar à altura do acontecimento, especialmente tendo em conta o seu próprio historial. A ausência de modos como o Team Mode e o Survival Mode, para além da sempre incompreensível inexistência, em jogos deste género, de um tutorial digno desse nome é notória e mesmo que nenhum deles faça parte das componentes mais populares das obras anteriores da série, não se percebe o porquê de não terem regressado para a nova entrada. 

Para além disso, a curta duração do modo arcada que, ao contrário do que acontecia no passado, não possui quaisquer elementos narrativos e o facto dos episódios da história dedicados às diversas personagens serem compostos por uma única batalha e de não fazerem justiça à importância das mesmas na série, também contribuem para que o nosso tempo com Tekken 7 pareça não estar a ser devidamente utilizado a não ser que estejam a jogar online. A saga de Harada tem um elenco bastante curioso de indíviduos e personalidades, mas Tekken 7 não as aproveita e volta a concentrar-se apenas na família disfuncional do costume.

Tekken 7 Imagens Analise

Tal como se tornou quase obrigatório nesta geração de consolas, Tekken 7 conta igualmente com o seu próprio modo narrativo que explora toda a saga da família Mishima, retratando os eventos destacados em entradas anteriores da série e dando-lhes um maior contexto e relevância. Sem grande surpresas, a história é fraca, mas adequadamente ridícula, principalmente se já estiverem familiarizados com as personagens em maior destaque, ou seja, Heihachi, Kazuya e Jin. Faz o suficiente para captar o nosso interesse, sem nunca conseguir ser espetacular.

Um dos principais méritos do modo narrativo de Injustice 2 é a forma como nos introduz e nos deixa testar o arsenal das várias personagens jogáveis, no entanto, a obra da Bandai Namco não faz isso e foca-se num grupo muito restrito de personagens, relegando tudo o resto para os já mencionados e desapontantes episódios específicos para os restantes membros do elenco. É, acima de tudo, uma oportunidade desperdiçada, especialmente porque, como já referi, a série Tekken tem um grupo de lutadores extremamente diversificado e interessante que merecia, tal como o jogador, mais e melhor.

Tekken 7 Imagens Analise

Dentro das arenas de batalha, o novo título mantém-se fiel à fórmula de sucesso que caracterizou as mais recentes iterações da série. O combate frenético e visualmente espetacular continua bem presente e a proporcionar inúmeras horas de diversão, mesmo para os menos habilidosos. Assente em combinações passíveis de serem executadas pelos mais casuais, mas com a profundidade desejada por aqueles que pretendem dominar e aproveitar todo o potencial apresentado por cada um dos lutadores. Para além disso, ver personagens antigas da série continuar a efetuar as mesmas combinações características que realizavam em Tekken 3, por exemplo, fará certamente as delícias dos fãs.

Sem grandes novidades de maior na jogabilidade, o destaque vai para a introdução de Rage Arts e Rage Drives. Introduzida em Tekken 6, a Rage é ativada após a barra de saúde de uma personagem ser reduzida até um ponto perigoso, permitindo que os vossos ataques causem mais danos e proporcionando recuperações extraordinárias. Agora, através de uma combinação de botões específica para cada personagem, os jogadores podem ativar ataques especiais que, para além da enorme quantidade de danos que provocam, param momentaneamente o combate em favor de uma curta cinemática do ataque especial. Como é óbvio, utilizar a Rage Art, faz com que a Rage seja desativada para o que restar do combate. É uma adição interessante, mas enquanto jogador casual, tive alguma dificuldade em executá-las.

Tekken 7 Imagens Analise

Graficamente, Tekken 7 está longe de ser deslumbrante, mas é um título competente. As cinemáticas do modo história aparentam ter recebido uma atenção adicional que faz com que a transição entre cinemáticas e jogabilidade não seja propriamente suave. A modelagem das personagens continua algo plástica e mesmo os ambientes que circundam os combates estão longe de serem memoráveis ou deslumbrantes. No fundo, estamos perante uma versão ligeiramente melhorada do departamento gráfico dos seus antecessores e não perante uma obra que leva as novas consolas aos seus limites. A banda sonora é igualmente competente, aguçando o tom dramático da narrativa e acompanhando o ritmo acelerado dos combates.

Em suma, Tekken 7 é um excelente título de combate no que diz respeito às suas mecânicas e jogabilidade, mas uma experiência pobre no que diz respeito ao conteúdo que coloca à disposição dos jogadores. Para os que preferem jogar a solo, a diversidade e qualidade dos modos disponíveis deixa a desejar. Para os que preferem jogar online, os problemas técnicos, que se arrastam várias semanas após o lançamento, prejudicam significativamente a experiência. O modo história é interessante, mas ignora quase todas as personagens do elenco e não dá o devido destaque e atenção a alguns dos mais emblemáticos nomes da saga. Dito isto, Tekken 7 é um jogo que satisfará os fãs da série e do género, mas que não faz o suficiente para ser uma compra obrigatória.