Penso que é seguro afirmar que a Telltale Games já passou por melhores dias. O estado de graça da produtora que saltou para o estrelato com a aventura de Lee e Clementine há já alguns anos parece ter-se esgotado juntamente com a paciência dos jogadores para os constantes e não raras vezes ridículos problemas técnicos que assolam as suas experiências. Mesmo colocando essas questões de lado, a magia e entusiasmo que rodeavam cada lançamento aparentam ter desaparecido à medida que o pequeno estúdio foi crescendo e produzindo cada vez mais séries episódicas em simultâneo.

Com cada vez mais dificuldades em atingir níveis de qualidade próximos da primeira temporada de The Walking Dead, The Wolf Among Us e Tales from the Borderlands, A New Frontier, a terceira fornada de episódios baseados na propriedade intelectual de Robert Kirkman teve um percurso bastante irregular até à sua conclusão. Começou bem, caiu claramente nos capítulos seguintes e recuperou o suficiente para abrir as possibilidades de um final de elevada qualidade. Agora que o último episódio está finalmente disponível, é bom poder informar que este não desilude e é, discutivelmente, o melhor da temporada.

TWD New Frontier Ep5 Imagens

From the Gallows, título do quinto episódio desta terceira temporada, é provavelmente o mais próximo que a Telltale se conseguiu aproximar dos níveis de qualidade que a lançaram para a ribalta. Um episódio adequadamente sombrio, ou não estivéssemos no quase sempre negro e desolador universo de The Walking Dead, e que está recheado de momentos que nos levam a perguntar o porquê da produtora não ter conseguido entregá-los de forma mais consistente ao longo desta sequência de episódios.

Se o capítulo anterior tinha fornecido alguns vislumbres daquilo que de melhor a narrativa contada em A New Frontier tinha potencial para oferecer, mas acabou prejudicado pelos erros e deficiências do episódios que lhe antecederam, From the Gallows edifica e eleva o que foi construído no quarto episódio. Obviamente, os problemas transversais à temporada impedem-no de atingir os altos de outras aventuras, mas é uma muito sólida conclusão se tivermos em conta as tremidas fundação sobre as quais está assente.

TWD New Frontier Ep5 Imagens

Muito disso deve-se ao claro melhoramento ao nível da escrita que, um pouco como toda a série, tem estado recheada de altos e baixos. O principal mérito deste último episódio prende-se na forma como consegue, unicamente através das interações e diálogos entre o elenco de personagens, tornar interessante o seu miolo com um ritmo francamente lento. É certo que volta a exagerar um pouco nos momentos de conflito que parecem existir apenas para introduzir alguma violência gráfica à aventura, mas consegue contrabalançar isso com maior habilidade e mestria neste capítulo.

Arrancando após o final caótico e explosivo do quarto episódio e voltando a explorar o passado de Javier antes do apocalipse zombie ter destruído a civilização e humanidade, é nos momentos mais subtis e de maior acalmia que From the Gallows mais brilha. Uma das críticas mais frequentes à terceira temporada prende-se com o fraco aproveitamento das personagens secundárias e esse é, curiosamente, um dos melhores elementos deste capítulo. David, Gabe e Tripp têm finalmente oportunidade de brilhar e ganhar uma caracterização que antes simplesmente não existia. Poderá não ser suficiente para que o impacto de algumas sequências seja o desejado, mas é suficiente para abandonarem o ramo da uma única dimensão.

TWD New Frontier Ep5 Imagens

Ainda assim, se um dos vossos principais problemas com a terceira temporada de The Walking Dead é a relegação de Clementine para um plano secundário, então este episódio voltará a deixar-vos desiludidos. Penso que seja óbvio que a Telltale tentou algo diferente com esta fornada de episódios, uma história que fosse capaz de se fixar como algo independente que não alienasse quem não jogou as temporadas anteriores e talvez por aí se explique a decisão de adicionar um subtítulo a esta temporada. Como fica claro, os resultados não foram os melhores, uma vez que A New Frontier fica aquém do que foi oferecido antes.

The Walking Dead: A New Frontier está longe do que de melhor a produtora californiana já nos ofereceu no passado. Apesar de um último capítulo de qualidade e um final propriamente dito que surpreende pela positiva e rompe um pouco com aquilo que normalmente se espera desta propriedade intelectual, é difícil ignorar o impacto negativo que os episódios de menor qualidade têm ao longo da temporada. Como conteúdo independente de tudo o resto, From the Gallows é um bom episódio que conclui da melhor forma possível uma temporada que desiludiu, algo que parece ter igualmente sido aceite pela Telltale na forma como decidiu compor os seus minutos finais.