Como praticamente qualquer fã da série ou do género em questão, não esperei muito tempo até descarregar e dar os primeiros toques em PES 2019, a próxima entrada da popular série de simulação de futebol da Konami, através da recentemente disponibilizada demonstração jogável da obra. Após realizar várias partidas com praticamente todas as equipas incluídas nesta amostra, os primeiros sinais são positivos, sendo já possível notar algumas diferenças em relação ao seu predecessor. 

Serão, como é óbvio, precisas muitas mais horas e dedicação para se ficar a conhecer verdadeiramente todas as idiossincrasias, as pequenas melhorias e afinamentos, os detalhes que apenas se tornam notórios à medida que o contador de tempo de jogo vai subindo, contudo, a ideia com que fiquei após as primeiras partidas na nova temporada de Pro Evolution Soccer é que estaremos perante uma experiência mais metódica e menos frenética do que em entrada anteriores.

Aquando do seu anúncio, a produtora prometia melhorias ao nível da inteligência artificial no que diz respeito ao posicionamento no campo e, por consequência à abordagem aos lances. Sem surpresas, este fator salta à vista acima de tudo no departamento defensivo, com as defesas contrárias a mostrarem-se menos vulneráveis aos passes a rasgar, pelo chão ou aéreos, que era o meu método mais frequente e veloz de chegar com perigo à área adversária.

Para além disso, notei igualmente uma maior capacidade das defesas para intercetar cruzamentos. Na verdade, apenas com a dupla João Cancelo, aqui ainda no Inter, e Icardi é que consegui criar com relativa frequência perigo pelo ar. Essencialmente, isto significa que PES 2019 coloca um foco superior no timing e na intensidade dos passes a rasgar e dos cruzamentos como forma de separar os melhores jogadores dos mais casuais, o que se traduz numa abordagem mais trabalhada às jogadas de ataque e não tão assentes na velocidades.

Dito isto, os jogadores velozes continuam a ser uma arma feroz no novo título e isso fica por demais evidente se experimentarem jogar com os velocistas que compõe o ataque, e não só, do Liverpool. Ainda assim, mais do que a velocidade dos jogadores em progressão com a bola ou em busca de desmarcações, é através da velocidade de passe que se ditará o ritmo das partidas e é aqui que a qualidade das animações, seja no momento do passe, na receção, na forma com rodam sobre o adversário com a bola sempre em controlo, mais impressiona.

Uma das novidades com que rapidamente somos presenteados é a possibilidade de fazer substituições rápidas sempre que a bola sai das quatro linhas através do pressionar do Touchpad (PS4), abrindo assim um menu pouco intrusivo onde podem rapidamente percorrer todos os jogadores do onze e do banco de suplentes e proceder às alterações que entenderem necessárias. Numa das várias mensagens de dicas que a demo nos apresenta é realçada outra das novidades da obra, isto é, o cansaço mais visível no comportamento dos jogadores, sendo inclusivamente relembrado que pedir demasiado a jogadores exaustos pode levar a lesões musculares.

Mesmo com ligeiras alterações aqui e ali, PES continua a ser uma experiência notável dentro das quatro linhas e isso não mudará com as novidades aplicadas para a temporada 2018/2019. Importa, no entanto, compreender como é que estas diferenças serão aceites pela comunidade e como é que o título evoluirá após o lançamento. Nenhum outro jogo é capaz de criar uma sensação tão satisfatória dos passes, dos remates e dos golos como os desta série, algo que provavelmente continuará a ser verdade com os futuros lançamentos de PES 2019 e FIFA 19.

Tal como acontece praticamente todos os anos, saímos da demonstração jogável de PES 2019 convencidos de que a qualidade continuará excelente dentro das quatro linhas, mas curiosos acima de tudo para conhecer as novidades ao nível dos restantes departamentos. Sabemos que a série perdeu as licenças da Liga Europa e da Liga dos Campeões, mas ganhou vários campeonatos, incluindo a Liga NOS, pelo que se nota um esforço para oferecer mais conteúdo aos seus leais fãs. Resta esperar para descobrir qual a evolução ao nível dos seus modos de jogo.

PES 2019 tem lançamento marcado para o dia 28 de agosto no PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!