No seguimento da série Mario vs. Donkey Kong, Satoru Iwata aproveitou a última conferênica Nintendo Direct para revelar um novo jogo de quebra-cabeças, com o nome Mario and Donkey Kong: Minis on the Move. E apenas alguns dias depois do anúncio, graças ao contato da Nintendo (o qual agradecemos), tivemos a oportunidade de jogar este novo título que chegará em exclusivo à Nintendo eShop já durante o próximo mês.

Tendo eu atravessado uma fase de "vício" com Pipe Mania muito recentemente (não do original, mas sim de uma das muitas adaptações para Smartphone), foi com grande entusiasmo que ao meter as mãos pela primeira vez no jogo, percebi imediatamente que as mecânicas do mesmo são em muito similares ao título que foi criado no ano de 1987. Em traços gerais, temos de levar os pequenos bonecos de corda das figuras da série até ao final do percurso, usando vários tipos diferentes de peças que vão ser essenciais na construção do trilho.

Mario-and-luigi--minis-on-the-move-nintendo-3ds.png

No jogo, temos de usar o ecrã inferior como controlador, para construirmos a rota que pretendemos que os Minis percorram. O ecrã superior representa o mapa propriamente dito, onde poderemos ver o nosso Mini em andamento, bem como todos os obstáculos e pontos de interesse, representados a três dimensões.

Obviamente, a experiência não fica por aqui. A nossa tarefa é dificultada pela existência de vários obstáculos e outras stiuações que teremos de resolver. Tudo isto, enquanto estamos sob a pressão de estar constantemente a adicionar novas peças ao caminho, para que o nosso pequeno boneco de corda não caia no abismo e para que a "fila" de peças disponíveis não atinja o seu limite.

Consegui superar os níveis iniciais sem qualquer tipo de problema, sendo que estes vão mesmo funcionando como uma espécie de tutorial. No entanto, após alguns níveis a experiência foi se complicando e vi-me confrontado com situações com um grau de complexidade sucessivamente superior, que já se mostraram bastante mais desafiadoras. Por mais do que uma vez tive de parar alguns minutos para planear uma rota correta e lidar com as adaptações necessárias à medida que o pequeno Mario ia avançando no terreno. Sim, porque não basta arrastar as peças para o lugar certo, muitas vezes os Minis têm de passar mais do que uma vez pelo mesmo local e dessa forma precisamos de destruir a peça anterior e substitui-la por uma nova peça que o leve noutra direção.

Tudo isto em apenas em pouco mais de uma dúzia de níveis. Mas em conversa com o responsável da Nintendo apercebi-me que os últimos cenários disponíveis já apresentavam um grau de complexidade extremamente superior ao apresentado nesta fase do jogo, com níveis muito maiores do que os iniciais e até mesmo a necessidade de guiar dois Minis simultaneamente.

37.0_cinema_640.0.jpg

O modo principal é ainda complementado por um modo de Mini-jogos, com desafios ao estilo do que poderíamos encontrar numa feira popular. Usamos o ecrã inferior para os controlos, sendo que este está ligado ao superior, onde a maioria das animações acontecem. No final de algumas partidas, acabei mesmo por ficar com a sensação de que este modo conseguia rivalizar com a campanha principal no que toca a diversão. Depois de algum tempo a guiarmos bonecos pelos trilhos construídos por nós, acaba por saber bem variar um pouco e experimentar os quatro tipos de desafios extra oferecidos.

Para finalizar, é importante referir que através das informações adiantadas por Satoru Iwata, sabemos que o jogo vai disponibilizar um sistema que permitirá que os jogadores criem os seus próprios níveis, ou descarreguem os níveis de outros jogadores para a sua consola. Ainda assim, não conseguimos experimentar esta funcionalidade.

Mario and Donkey Kong: Minis on the Move vai estar disponível para transferência através da Nintendo eShop no dia 9 de maio e o veredicto do VideoGamer Portugal é bastante positivo. Este título parece ser uma excelente opção para os jogadores que procuram um jogo simples para se entreter nalgum período morto do seu dia-a-dia. Sendo um título apenas disponível na Nintendo eShop, não se espera que o seu preço seja muito alto e esse é outro dos pontos a favor. Oferecendo uma enorme variedade de quebra-cabeças, complementados por uma lufada de ar fresco proporcinada pelos outros mini-jogos extra, Mario and Donkey Kong: Minis on the Move é sem dúvida uma proposta a considerar.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!