Depois de uma semana atarefada, rica em notícias, artigos e análises, abençoado seja o fim-de-semana. Pousamos as canetas e os cadernos, para podermos pegar nos comandos ou nas portáteis para uma boa sessão de jogo. Novidades frescas acabadas de chegar ou títulos que só agora decidimos experimentar, existe de tudo nas nossas escolhas, no entanto caíram todas num denominador comum: a aventura. Partir para o desconhecido e enfrentar novos desafios tem sempre um sabor especial que é partilhada por toda a equipa VideoGamer Portugal.

Pedro Martins, Editor-Chefe - LEGO City Undercover: The Chase Begins - 3DS

Lego mccain

Esta semana marcou a entrada de outro jogo na minha Nintendo 3DS. Depois de passar várias horas a ser guiado pelo arco narrativo e pelas várias mecânicas de Fire Emblem: Awakening, a análise acabou de ser publicada, mesmo a tempo do seu lançamento no nosso mercado.

O jogo que agora ocupa lugar na portátil da Nintendo é LEGO City Undercover: The Chase Begins. Prequela à versão do jogo lançado para a Wii U, é um jogo interessante. Em breve vão poder ler tudo o que achei do jogo na nossa análise, mas posso dizer que parece que estou a jogar Silent Hill, uma vez que o nevoeiro usado para esconder as limitações do mapa é abundante.

Vamos ver como é que o jogo se continua a comportar. E também comecei a jogar Jetstream Sam, o DLC de Metal Gear Rising: Revengeance.

António Farracho, Redator - Assassin's Creed: Revelations, Xbox 360/PS3/PC

Depois de ter colecionado as 100 penas de Assassin's Creed II e de andar várias horas feito maluco pelos telhados de Roma em busca do último estandarte de Assassin's Creed: Brotherhood, senti-me finalmente pronto para dar seguimento à série na minha consola.

O objetivo principal é poder viver o terceiro título da saga da melhor forma possível e por isso optei por jogar primeiro esta nova incursão de Ezio, na tentativa de não deixar escapar pitada da história.

A experiência tem estado a ser bastante recompensadora e para além de me preparar para Assassin's Creed III, serve ainda de aperitivo para um dos jogos que anda a reunir os olhares atentos da indústria, com o sobrenome de Black Flag. Só espero não acabar por enjoar, depois de tanto Assassín(io).

Pedro Santos, Redator - Tomb Raider, Xbox 360/PS3/PC

Depois de algumas semanas de interregno, em que estive completamente dedicado a Table Mini Golf e Sly Cooper: Thieves In Time, esta semana regressei finalmente à aventura cinematográfica que é o mais recente título protagonizado por Lara Croft.

Custou um pouco voltar a habituar-me ao ritmo frenético de Tomb Raider, mas é um pequeno preço a pagar pela maldade que é colocar esta obra-prima tanto tempo a ganhar pó. Já tinha saudades de voltar a visitar aquela ilha misteriosa, toda ela envolvida num certo misticismo que ainda tenho de desvendar.

Por enquanto, o título da Crystal Dynamics é o jogo que mais me tem entretido durante este ano e acredito que fará parte da lista de jogos mais marcantes de 2013 quando chegarmos a dezembro.

Filipe Urriça, Redator - BioShock Infinite Xbox 360/PS3/PC

O meu tempo para jogar é muito limitado infelizmente, por isso as minhas escolhas para passar no meu sofá de comando na mão têm que ser bem ponderadas.

Depois da viagem à Von Braun, decidi ir até Columbia. Comprei BioShock Infinite para ser surpreendido, pela terceira vez, por Ken Levine e a restante equipa da Irrational Games. E posso adiantar que, apesar da dificuldade me parecer estar mais reduzida que o original, tenho estado a adorar a aventura. O meu único receio eram as Skylines, mas foram implementadas perfeitamente, sem prejudicar o combate quando a viajamos em simultâneo pelas linhas aéreas de Columbia que separam os vários locais.

Até agora, os segredos que ainda tenho por desvendar são muitos, mas as verdadeiras razões das atitudes antagónicas de Father Comstock e Daisy Fitzroy são as que mais me intrigam. Principalmente as razões da líder dos Vox Populi, que me despertou curiosidade desde que acabei de ler Mind in Revolt.

Com estes quatro títulos, cada um de nós está entregue a aventuras bem diferentes. Agora chegou a vossa vez de partilharem com a comunidade o que mais vos tem ocupado o tempo livre nas vossas consolas. Também gostam de boas aventuras? Acreditamos que sim.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!