por - Mar 22, 2020

Balanço 2014 – Parte I

Balanço 2014 – Parte II

Com o ano de 2014 prestes a terminar e 2015 quase a bater à porta, a equipa do VideoGamer Portugal achou por bem recapitular aquilo que estes últimos 365 dias tiveram para oferecer aos jogadores. Apesar de vários acontecimentos marcantes que ficarão gravados nos livros de história de esta indústria, infelizmente nem todos pelos melhores motivos, este especial vai focar-se em exclusivo no elemento que mantém milhares de pessoas ligadas à indústria, os jogos.

Aproveitando a extensa lista de jogos mais esperados para este ano que publicamos no mês de janeiro, decidimos compilar as nossa opinião sobre os mesmos, juntamente com a sua receção por parte da restante crítica especializada (via Metacritic). Como certamente vão reparar, não tivémos oportunidade de jogar e analisar alguns dos títulos incluídos nesta lista, mas optamos por não os retirar da lista, uma vez que representaram alguns dos principais lançamentos do ano.

Da mesma forma, muitos foram as obras com lançamento previsto para 2014 que acabaram adiadas para o próximo ano e outras que apenas foram disponibilizados no formato Early Access, mas que estão igualmente presentes neste especial. O especial estará dividido em 5 partes, começando hoje e terminando no dia 31 de dezembro.

Em relação a 2015, fiquem a saber que a sua respetiva edição dos nossos jogos mais esperados já está a ser trabalhada e chegará nos próximos dias.

Alien: Isolation – PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360 e Xbox One

Data de lançamento: 7 de outubro

Veredito Geral: 7,9/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Mesmo com alguns momentos em que a visão da produtora resvala, Alien Isolation não deixa de ser uma proposta interessante. É verdade que ocasionalmente o progresso parece demasiado apegado ao legado, empurrando o jogador para o início do jogo e não é menos verdade que ocasionalmente a produtora parece perder a viga mestra da sua visão, porém, quando resulta, Alien Isolation resulta em pleno.” – Pedro Martins. 8/10

Among the Sleep – PC

Data de lançamento: 29 de maio de 2014

Veredito Geral: 6,6/10

VideoGamer Portugal: “2014 foi premiado com a chegada ao mercado de alguns jogos de terror que deram que falar, aliás, P.T. foi uma das obras mais comentadas do ano que agora termina e nem sequer era o título completo. Por outras palavras, continua a ser um género muito amado pelos jogadores. Among the Sleep, foi um desses títulos e, apesar de não ser um expoente máximo, o facto de experienciarmos os acontecimentos pelos olhos de uma criança foi motivo suficiente para muitos pavores e terrores.”

Bayonetta 2 – Wii U

Data de lançamento: 24 de outubro de 2014

Veredito Geral: 9,1/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Os jogadores que não esperavam o soco de estômago dado pelo primeiro jogo são os mesmos que já esperavam excelência da sequela, pelo que o efeito surpresa não é o mesmo. Mas não tinha que ser. Bayonetta 2 é a consolidação da série como um dos expoentes máximos do género. Sim, é verdade que é um exclusivo Wii U, contudo, isso não afeta minimamente a forma como se comporta, como envolve os jogadores na sua fórmula e essência. Pejado de carisma e com uma jogabilidade exemplar, estamos perante um dos melhores jogos de 2014, seja na Wii U ou noutra plataforma.” – Pedro Martins. 9/10

BROFORCE – PC

Data de lançamento: 7 de abril de 2014 (Early Access)

Atualmente no Steam Early Access.

Broken Age – PC

Data de Lançamento: 28 de Janeiro de 2014 (Act I)

Veredito Geral: 8,2/10

Veredito VideoGamer Portugal: “O melhor elogio que posso fazer ao primeiro ato de Broken Age é que fiquei bastante interessado na chegada do segundo, algo que deverá acontecer ainda este ano. Apesar de não oferecer um desafio insistente, a obra da Double Fine não desilude quem o comprar. Personagens carismáticas e vocalizadas com mestria são colocadas em cenários que facilmente são mais interessantes que a minha ou a vossa morada, tanto pela qualidade da arte que ostentam com orgulho, como pela atenção aos detalhes e à veia sonhadora da equipa que os desenhou. Broken Age é o porteiro que está à vossa espera na porta das aventuras gráficas e abre-vos a porta com um sorriso na cara.” – Pedro Martins. 8/10

Castlevania: Lords of Shadow 2 – PC, PlayStation 3 e Xbox 360

Data de lançamento: 28 de Fevereiro de 2014

Veredito Geral: 6,3/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Castlevania: Lords of Shadow 2 não é um mau jogo, contudo, dificilmente corresponderá ao entusiasmo de todos os que concluíram o título original. O combate é interessante, como atesta os combates contra bosses de design megalómano e a direção de arte é assinalável, porém, a equipa dirigida por Dave Cox tomou algumas decisões de difícil justificação. Para chegarmos aos pontos mais altos temos que compadecer com trechos desinspirados que se estendem por períodos de tempo longos, um verdadeiro teste à motivação dos jogadores.” – Pedro Martins. 6/10

Carmageddon: Reincarnation – PC

Data de lançamento: 27 de março de 2014 (Early Access)

Atualmente no Steam Early Access.

Child of Light – PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e Nintendo Wii U

Data de lançamento: 29 de abril de 2014

Veredito Geral: 8,2/10

VideoGamer Portugal: “Child of Light é, acima de tudo, uma homenagem aos fantásticos JRPG’s do passado, aliando um estilo visual único a um combate por turnos com uma profundidade bastante interessante. A história contada através de rimas é um pouco forçada, mas não prejudica muito a experiência.”

Dark Souls II – PC, PlayStation 3 e Xbox 360

Data de lançamento: 14 de Março de 2014

Veredito Geral: 9,1/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Dark Souls 2 não deve ter tido uma vida conceptual fácil. A dificuldade da série alienou todos os jogadores casuais, deixando apenas os mais dedicados, informados e críticos. Portanto, a sua chegada hoje ao mercado europeu vai encontrar consumidores que esperam muito: esperam mais e melhor do que os seus antecessores. Todos os receios sobre esta obra são agora descreditados com a constatação que estamos perante uma aventura memorável, profunda, desafiante e recompensadora, extremamente recompensadora.” – Pedro Martins. 9/10

Destiny – PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360 e Xbox One

Data de lançamento: 9 de Setembro de 2014

Veredito Geral: 7,6/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Destiny é um título com enorme potencial que, infelizmente, no momento de lançamento esteve muito longe de corresponder às elevadas expectativas que gerou. Uma história incrivelmente básica e desapontante e a natureza repetitiva das suas missões impedem que a obra se possa afirmar como algo verdadeiramente brilhante.” – Pedro Marques dos Santos. 7/10

Diablo III: Reaper of Souls – PC e PlayStation 4

Data de lançamento: 25 de Março de 2014

Veredito Geral: 8,7/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Quase dois anos depois de ter lançado um Diablo III que não tardou até ver grande parte da sua comunidade sentir-se desiludida pela forma como o jogo se apresenta depois de terminada a campanha principal, a Blizzard voltou a desenrolar o papel de projeto do sua obra, identificando as falhas mais graves e reforçando os pilares que agora sustentam um título mais sólido. Ao conjunto de modificações técnicas implementadas, junta-se o tríade de adições principais – a classe Crusader, o novo ato e o Adventure Mode – que fazem com que esta expansão consiga reaver a confiança dos fãs, oferecendo conteúdo viciante e com uma longevidade muito mais considerável.” – António Farracho. 8/10

Donkey Kong Country: Tropical Freeze – Nintendo Wii U

Data de lançamento: 21 de Fevereiro de 2014

Veredito Geral: 8,3/10

Veredito VideoGamer Portugal: “Donkey Kong Country: Tropical Freeze não é um mau jogo de plataformas e certamente oferecerá alguns momentos interessantes aos amantes do género que já tenham uma Nintendo Wii U. Contudo, como tiveram oportunidade de ler ao longo da análise, não está isento de problemas, uns mais graves e latentes que outros. Como nota de rodapé, importa mencionar que, como seria de esperar, o título pode ser jogado na televisão ou no ecrã do vosso GamePad, porém, caso optem pela primeira opção, o ecrã do comando torna-se completamente inútil, pois fica totalmente preto.” – Pedro Martins. 7/10

Dragon Age: Inquisition – PC, PlayStation 4 e Xbox One

Data de lançamento: 18 de novembro de 2014

Veredito Geral: 8,9/10

VideoGamer Portugal: “Depois de um segundo capítulo menos consensual, Dragon Age volta à boa forma com Inquisition. Ainda que não tenha jogado o suficiente para lhe atribuir uma classificação, as primeiras impressões são positivas. Com uma história que incentiva o comando a ficar nas mãos, o RPG da BioWare demonstra ainda um mundo enorme e uma jogabilidade imersiva o suficiente para os minutos parecerem segundos.”

Dreamfall Chapters: Book One – PC

Data de lançamento: 21 de outubro de 2014

Veredito Geral: 7,3/10

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments