Como já se tornou tradição sempre quem um novo título da série de simulação de futebol da Konami chega ao mercado, a comunidade de Pro Evolution Soccer não perdeu tempo em produzir e fornecer aos restantes jogadores as ferramentas para adicionar a eFootball PES 2020 os equipamentos e símbolos das equipas que carecem de licenciamento no novo título.

Mais uma vez, o processo volta a ser extremamente simples e pouco demorado, sendo que podem encontrar de seguida uma descrição, passo a passo, para que possam começar desde cedo a desfrutar da nova iteração da série de simulação de futebol com o maior número possível de equipas licenciadas.

Nota: Este método é apenas válido para a versão PlayStation 4 de PES 2020.

Guia de PES 2020 - O que precisam para adicionar equipamentos e emblemas oficiais

Tal como já referimos, o processo de editar e adicionar equipamentos e emblemas oficiais das equipas continua bastante acessível, pelo que tudo o que precisam é de transferir os ficheiros para o vosso computador e depois transportá-los para a PS4, utilizando uma Pen Drive. (Relembramos que a Pen deve estar formatada em FAT32.)

Guia de PES 2020 - Como adicionar equipamentos e emblemas oficiais

O primeiro passo envolve a transferência dos ficheiros. Podem descarregar aqui (Créditos: PESVicioBR) os ficheiros relativos à Premier League, Championship e La Liga.

Depois de extraírem os ficheiros, apenas têm de colocar todo o conteúdo na Pen Drive no interior de uma pasta denominada WEPES. Insiram a Pen Drive na PS4 e iniciem PES 2020.

A partir do menu principal, desloquem-se até à secção de Extras e escolham a opção Editar. Seguidamente terão de selecionar a opção Importar/Exportar.

No novo menu, selecionem a opção Importar Equipa e após um pequeno período de carregamento, carreguem no botão quadrado para selecionar todos os ficheiros e depois cliquem na opção Aceder Configurações Detalhadas que surge no topo da lista.

No ecrã seguinte, não ativem qualquer uma das opções apresentadas e façam simplesmente OK para que o processo de importação, que demorará alguns minutos, seja iniciado. Após o processo estar concluído, só têm de gravar os dados editáveis.

Nota: Estão incluídos também os ficheiros para a substituição dos logótipos das competições que não estão licenciadas, sendo que o processo é essencialmente o mesmo, uma vez que a única diferença é que terão de selecionar a opção Importar Competição em vez de Importar Equipa.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!