Melhores Jogos de Action de 2017

Bem-vindo ao top de jogos de Action de 2017, uma lista dos melhores videojogos gerada pelas análises editoriais e popularidade no site. Aqui estão os nossos favoritos...
  • 30.

    Kirby Battle Royale - Análise

    Kirby: Battle Royale

    Um Kirby desinspirado acabou com um jogo onde o multijogador é utilizado como pilar desta nova entrega. Infelizmente, o título torna-se repetitivo ainda antes da próprio modo a solo terminar.   Apesar do nome, não sejam levados a pensar que Kirby está a tentar preencher... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo 3DS

  • 29.

    Fate/EXTELLA: The Umbral Star (Switch) - Análise

    Fate/EXTELLA: The Umbral Star

    Há uma lacuna de alguns géneros na Switch e o género hack'n'slash era um deles. Felizmente, Fate/EXTELLA preenche preenche bem esse espaço, apesar de estar longe de ser o auge do género. Há jogadores que apreciam vários tipos de jogos. Há quem adore títulos... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo Switch,PlayStation 4,PS Vita

  • 28.

    Agents of Mayhem - Análise

    Agents of Mayhem

    Agents of Mayhem apresenta muito para fazer e um elenco extenso de personagens. Contudo, os processos das missões não demoram muito a mostrar sinais de uma repetição que se vai adensando. Mesmo com alguns altos e baixos, a saga Saints Row tem uma legião... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One,PC,PlayStation 4

  • 27.

    Nights of Azure 2: Bride of the New Moon - Análise

    Nights of Azure 2: Bride of the New Moon

    Nights of Azure 2 tem ideias interessantes e conteúdo para nos manter interessados durante várias horas. Infelizmente, tudo isto está embrulhado numa representação e caracterização das suas personagens, na melhor das hipóteses, questionável. Nights of Azure 2: Bride of the New Moon é um jogo estranho, um jogo que... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo Switch,PlayStation 4,PC

  • AD #1
  • 26.

    Gravity Rush 2 - Análise

    Gravity Rush 2

    Gravity Rush 2 é um competente título de ação que, tal como o seu antecessor, cai rapidamente num ciclo monótono de repetição. Se mais provas fossem precisas sobre a relevância da PlayStation Vita no... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4

  • 25.

    Super Bomberman R - Análise

    Super Bomberman R

    O título da Konami não oferece muito mais daquilo que se espera: diversão multijogador. Fora desse espectro, Super Bomberman R não contém material que justifique um preço tão elevado. O que é certo, é que neste momento não faltam propostas multijogador local... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,Xbox One,PC,Nintendo Switch

  • 24.

    LEGO Worlds - Análise

    LEGO Worlds

    Com muito para descobrir, LEGO Worlds peca por não se conseguir manter revigorado durante muito tempo e por apresentar vários problemas técnicos. Algumas pessoas ascendem pela criatividade. Essas manifestações são a base... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,Xbox One,PlayStation 4,Nintendo Switch

  • 23.

    Mr. Shifty - Análise

    Mr. Shifty

    Este título australiano apresenta uma mecânica simples e funcional, contudo é o design inteligente dos níveis que sobressai para oferecer diversão. Se Nightcrawler, o mutante da Marvel que se pode teletransportar, tivesse... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,Xbox One,PlayStation 4,Nintendo Switch

  • 22.

    Danger Zone - Análise

    Danger Zone

    O conceito de Danger Zone é executado com mestria, mas a obra da Three Fields Entertainment não tem a robustez necessária para se transformar em algo mais do que apenas uma experiência para queimar algum tempo morto. Enquanto alguns ainda suspiram e aguardam pelo regresso a partir das cinzas... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,PC,Xbox One

  • AD #2
  • 21.

    Get Even - Análise

    Get Even

    Em Get Even temos uma obra com um excelente arco narrativo apresentado em vários planos. Infelizmente, há outros pontos que não estão tão bem executados, mas fica a expectativa do que a produtora conseguirá fazer no futuro. As grandes obras de terror tomam-nos o corpo por garantido, deitam-nos... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One,PC,PlayStation 4

  • 20.

    Matterfall - Análise

    Matterfall

    Proporcionando vários momentos que fazem disparar o ritmo cardíaco, Matterfall brilha intensamente, mas apaga-se precocemente. A jogabilidade fervorosa está lá, sendo o conjunto traído pela sensação incompleta que deixa. Resogun foi um dos melhores jogos que chegou à PlayStation 4 nos primeiros... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4

  • 19.

    Monster Hunter Stories - Análise

    Monster Hunter Stories

    Um spin-off que se afasta daquilo que tornou esta saga emblemática: o combate. Ainda assim, Monster Hunter Stories acaba por ser um bom ponto de entrada para a série principal.  Já não se pode afirmar que a série Monster Hunter seja propriamente... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo 3DS

  • 18.

    Tokyo 42 - Análise

    Tokyo 42

    Quanto tudo funciona como deve ser, Tokyo 42 proporciona uma experiência de enorme valia. Infelizmente, vários problemas impedem-no de se tornar em algo de qualidade mais constante e de fácil recomendação. Sem a campanha de marketing que caracteriza as obras das principais editoras... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,PlayStation 4,Xbox One

  • 17.

    The Flame in the Flood: Complete Edition (Switch) - Análise

    The Flame in the Flood

    Esta obra de sobrevivência tem as suas ideias no sítio. Mas acaba por ser demasiado frustrante no momento de tomar decisões que possam alterar o rumo do jogo.  É difícil de entender a decisão dos produtores que decidem criar mais um... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo Switch,Xbox One,PlayStation 4,PC

  • 16.

    Nioh - Análise

    Nioh

    Mais um projeto resultante de um longo período de produção, Nioh é um excelente título de ação que prova que a fórmula criada pelas obras da From Software continuará viva muito depois do desaparecimento de Dark Souls. As últimas semanas de 2016 ficaram marcadas pela chegada às lojas de dois... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,PlayStation 4

  • 15.

    For Honor - Análise

    For Honor

    Mesmo com vários problemas relacionados com a dependência do online, For Honor apresenta uma jogabilidade profunda que se espalha por incontáveis sessões de jogo a tentarmos ser melhor do que os outros, mas sobretudo melhor do que nós próprios. Mesmo depois dos tutoriais, a minha habituação a For Honor não foi rápida.... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,Xbox One,PlayStation 4

  • 14.

    Yakuza 0 - Análise

    Yakuza 0

    Yakuza 0 faz um excelente trabalho para nos afundar no seu mundo e na aventura dos seus protagonistas, mesmo que tenha muito material desnecessário. O combate é sólido, mas por vezes torna-se cansativo. O caminho até ao sucesso nem sempre é uma linha reta. Muitas vezes mais... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,PC

  • 13.

    NieR: Automata - Análise

    NieR: Automata

    Servindo-se de um combate satisfatório e recompensador, NieR Automata ofusca um mundo de jogo que não é particularmente interessante de se explorar e missões secundárias repetitivas. Numa época dominada por ferozes campanhas de marketing, dezenas de vídeos... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,PlayStation 4,Xbox One

  • 12.

    Kingdom Hearts HD 1.5+2.5 Remix - Análise

    Kingdom Hearts HD 1.5 + 2.5 Remix

    Uma coleção perfeita para os que querem experienciar (quase) toda a saga da Square, mesmo que nem todos os jogos tenham resistido tão bem à passagem dos anos. Provavelmente uma das mais confusas e difíceis de acompanhar séries ainda em... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4

  • 11.

    Kamiko - Análise

    Kamiko

    Kamiko é uma excelente forma de mostrar como é que se conjugam puzzles e exploração pela via do design de níveis. É pena que este exemplo não tenha sido mais desenvolvido para uma experiência mais completa. Kamiko não é um jogo de ação, apesar de oferecer bastantes confrontos... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo Switch

  • 10.

    Dragon Quest Heroes 2 - Análise

    Dragon Quest Heroes II

    Mantendo-se fiel à fórmula das obras da Omega Force, Dragon Quest Heroes 2 consegue uma experiência digna do nome que ostenta na capa, aproveitando os elementos RPG da propriedade intelectual em que se baseia. Provavelmente uma das mais prolíferas produtoras da atualidade, a Omega... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,PC

  • 9.

    Mighty Gunvolt Burst - Análise

    Mighty Gunvolt Burst

    Se há jogadores que ficaram desiludidos com um projeto Kickstarter, foi o de Mighty No. 9, jogo que em nada cumpriu o que prometeu. Mighty Gunvolt Burst é exatamente o contrário, é aquilo que o jogo de Keiji Inafune deveria ter sido. O currículo de um determinado autor de videojogos define-se pelas suas... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo 3DS,Nintendo Switch

  • 8.

    Yakuza Kiwami - Análise

    Yakuza Kiwami

    Extremamente familiar para quem jogou Yakuza Zero, Yakuza Kiwami é uma excelente modernização do capítulo original da saga de Kiryu que tem todos os condimentos que tornam esta série tão aprazível. Uma série de culto durante os seus dias na PlayStation 2 e PlayStation 3,... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,PC

  • 7.

    Metal Slug X (Switch) - Análise

    Metal Slug X

    Metal Slug X continua a espalhar charme, a proporcionar o relembrar de outros tempos. A diversão com o multijogador local é instantânea e alimenta conquistas pelo meio do caos. A framerate tem os seus abrandamentos notórios. É provável que durante a vossa dedicação aos videojogos o caminho já se... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo Switch,PlayStation 4,Xbox One,PC

  • 6.

    Fire Emblem Warriors (Switch) - Análise

    Fire Emblem Warriors

    Uma mesclagem da jogabilidade de duas séries com elementos característicos de cada uma que se complementam para uma experiência única. Depois de jogar os capítulos que compõem Fire Emblem Warriors, posso... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo 3DS,Nintendo Switch

  • 5.

    Assassin's Creed Origins - Análise

    Assassin's Creed Origins

    Depois de um necessário ano de ausência, Assassin’s Creed consegue com Origins finalmente revolucionar de forma significativa a sua experiência, abraçando o género RPG e dando maior ênfase à exploração e ao conteúdo secundário. Apesar de, com mais ou menos problemas técnicos, a qualidade se ter mantido... mais

    Analisado em:   Platforms: PC,PlayStation 4,Xbox One

  • 4.

    Hellblade: Senua's Sacrifice - Análise

    Hellblade: Senua's Sacrifice

    Hellblade é uma jornada memorável até à mente atormentada de uma guerreira a enfrentar os seus demónios interiores e a agarrar-se ao que lhe é mais querido. Uma obra que marca quem a joga e uma experiência que eleva a Ninja Theory a um novo patamar. Hellblade é um jogo especial. Um projecto de paixão de uma produtora... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,Xbox One,PC,Nintendo Switch

  • 3.

    Uncharted: O Legado Perdido - Análise

    Uncharted: The Lost Legacy

    Uncharted: O Legado Perdido não vai conquistar quem não gosta da série, mas sim servir quem gosta de matar saudades. As novas protagonistas têm valências próprias para arranjarem e resolverem problemas sozinhas. A série Uncharted é uma âncora no catálogo da PlayStation, portanto não é... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4

  • 2.

    Middle-earth: Shadow of War - Análise

    Middle-earth: Shadow of War

    Shadow of War tem algumas falhas, como uma caracterização aquém de personagens, mas somando todas as partes que o compõem fica uma aventura enorme, épica, com vários momentos memoráveis. É muito provável que a Monolith Productions não estivesse à espera que... mais

    Analisado em:   Platforms: PlayStation 4,PC,Xbox One

  • 1.

    SteamWorld Dig 2 (Switch) - Análise

    SteamWorld Dig 2

    Este jogo sueco continua a excelente experiência do primeiro título. Temos várias mecânicas que tornam o jogo interessante em toda a extensão da campanha, evitando que caia na repetição. A sueca Image & Form conseguiu repetir, novamente, um ciclo que está no... mais

    Analisado em:   Platforms: Nintendo 3DS,PC,Nintendo Switch,PlayStation 4,PS Vita