Melhores Jogos de 2018 na PC

Bem-vindo ao top de jogos de 2018, uma lista dos melhores videojogos gerada pelas análises editoriais e popularidade no site. Aqui estão os nossos favoritos...
  • 30.

    Spyro Reignited Trilogy - Análise

    Spyro Reignited Trilogy

    Embora seja um claro resultado da época em que os seus jogos foram originalmente produzidos e lançados no mercado, a trilogia protagonizada pelo dragão Spyro oferece ainda experiências bastante agradáveis de plataformas agora suportadas por visuais apenas possíveis nos dias de hoje. Pode, porventura, não ter atingido os mesmos níveis de... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 29.

    The Haunted Island, a Frog Detective Game - Análise

    The Haunted Island, a Frog Detective Game

    Curto e honesto sobre isso, o jogo de Grace Bruxner e Thomas Bowker afirma-se pelo tom gráfico e pela qualidade da escrita que lhe dá linhas de diálogo e piadas que ficam. Investigar os sons misteriosos de um fantasma é apenas uma desculpa para conhecerem um leque de personagens que precisam de meros minutos para vos arrebatar. The Haunted Island, a Frog Detective Game é um daqueles videojogos... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 28.

    Monster Boy and the Cursed Kingdom - Análise

    Monster Boy and the Cursed Kingdom

    Inspirado em Wonder Boy, Monster Boy consegue pegar no legado deixado pelo jogo lançado na SEGA Master System. A diversidade da jogabilidade é uma das melhores características para não cansar a longo prazo. Uma das grandes valências de Monster Boy and the Cursed Kingdom... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 27.

    Rage in Peace - Análise

    Rage in Peace

    Rage in Peace é implacável na forma com trata os jogadores e a saúde do seu protagonista, mas consegue fazê-lo sem transformar a frustração num lugar comum. Uma narrativa interessante e uma banda sonora excelente ajudam-no a atingir patamares mais elevados de qualidade. É uma evidência que os jogos desafiantes que testam a... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • AD #1
  • 26.

    Gris - Análise

    Gris

    Gris é um jogo que vai tocar os jogadores consoante a fase das suas vidas que estiverem a viver. As plataformas não são desafiantes, contudo, a contemplação e a emoção arrastadas pela excelência técnica fará muitos projetarem para o trabalho os seus próprios estados de alma. Ao longo de quase cinco horas Gris revelou-se uma obra virada para dentro,... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 25.

    Super Meat Boy (Switch) - Análise

    Super Meat Boy

    Super Meat Boy afirma-se, novamente, como um clássico dos jogos de plataformas. O Modo Corrida promete boas sessões de jogo com os vossos amigos. Uma grande adição ao catálogo de títulos da consola Nintendo. A obra independente criada por Edmund McMillen e Tommy Refenes reflete o... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 24.

    Monster Hunter: World - Análise

    Monster Hunter World

    Monster Hunter: World é uma excelente aventura. Exige tempo e dedicação ao jogador, mas recompensa-o com batalhas épicas contra criaturas de design aprumado. Horas e horas e horas depois, a vontade é continuar perdido a afiar o gume da espada. Joguem Monster Hunter: World durante tempo suficiente e começam a deixar... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 23.

    Bayonetta (Switch) - Análise

    Bayonetta

    A prata da casa da Platinum Games. Bayonetta é publicado numa nova consola e afirma, novamente, a sua genialidade. A Nintendo Switch não tem propriamente um catálogo magro em títulos.... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 22.

    Darkest Dungeon (Switch) - Análise

    Darkest Dungeon

    Este título canadiano tem uma abordagem muito original ao género dungeon crawler. É necessário uma boa gestão da equipa que é levada aos calabouços. É, sobretudo, preciso saber desistir quando estamos prestes a sucumbir. Quando um jogo nos relembra que temos de “aproveitar o máximo de uma má... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • AD #2
  • 21.

    Owlboy (Switch) - Análise

    Owlboy

    Esta obra está entre os grandes metroidvania, com uma narrativa muito bem construída e puzzles que não complicam em demasia.   Este título norueguês é o resultado de nove anos de produção. E a espera... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 20.

    Crypt of the NecroDancer: Nintendo Switch Edition - Análise

    Crypt of the NecroDancer

    Com masmorras de design bastante refinado e um toque único ao género roguelike, a versão Nintendo Switch de Crypt of the NecroDancer é facilmente recomendável. Os jogos têm certos controlos para haver uma sensação de familiaridade com a... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 19.

    Flinthook - Análise

    Flinthook

    A Tribute Games entregou um jogo fantástico. Um roguelike que junta vários elementos do género e que os usa da melhor forma possível a favor da jogabilidade. A Tribute Games criou o que eu considero um dos melhores jogos num género... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 18.

    Into the Breach - Análise

    Into the Breach

    Os produtores de FTL regressam com uma nova obra, um trabalho bem diferente mas comum num aspeto fundamental: gerir a tensão dos combates. Na nova obra dos criadores de FTL, hoje em análise, somos convidados a... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 17.

    Chuchel - Análise

    Chuchel

    Mais do que um jogo de puzzles, Chuchel são três horas de situações caricatas, de sorrisos parvos e de pura e simples diversão. Uma recomendação fácil a qualquer jogador, independentemente das suas preferências. Apesar de ter surgido tarde no nosso radar, Chuchel, o estranhamente... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 16.

    Batman: The Enemy Within: Same Stitch - Análise

    Batman: The Enemy Within Episode 5 - Same Stitch

    Descrito como o mais ambicioso episódio da produtora, a conclusão de Batman: The Enemy Within oferece duas histórias igualmente cativantes de origens do mítico vilão do Cavaleiro das Trevas resultantes das nossas decisões. Depois de uma primeira temporada recheada de potencial, com rumos narrativos... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 15.

    Far Cry 5 - Análise

    Far Cry 5

    Far Cry 5 pode ter alguns problemas na forma como conta a história e como os inimigos nos seguem, mas o quadro geral que pinta é um enorme triunfo. O mundo enorme e dinâmico é um divertido sorvedouro de horas. Hope County aterroriza e diverte. Com Far Cry 5, a Ubisoft leva os seus fãs por uma estranha, deslumbrante e... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 14.

    Shantae and the Pirate's Curse (Switch) - Análise

    Shantae and the Pirate's Curse

    Esta é a melhor obra da série Shantae e da própria WayForward. O progresso é feito em crescendo, com puzzles de leitura clara e batalhas com bosses memoráveis. Um excelente título para quem sente falta de um bom metroidvania. A WayForward já conta com um bom currículo recheado de bons títulos de... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 13.

    Ni no Kuni II: Revenant Kingdom - Análise

    Ni no Kuni II: Revenant Kingdom

    Ni no Kuni II é um excelente RPG. Mesmo sem entregar uma narrativa tão impactante como o original, a sua jogabilidade, o mundo de jogo, o estilo visual, as personagens e os seus sistemas transformam-no numa obra que nunca se torna cansativa. Ni no Kuni foi um sucesso inesperado. Uma colaboração de sonho entre uma... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 12.

    Burnout Paradise Remastered - Análise

    Burnout Paradise

    Muito conteúdo e uma framerate de sonho melhoram um jogo que já era bom. Burnout Paradise Remastered prova que a série ainda tem um lugar na atual geração de consolas, assim haja vontade da EA. Por muito que se debata qual é o melhor jogo da série Burnout, mesmo que... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 11.

    Ikaruga (Switch) - Análise

    Ikaruga

    Ikaruga sempre foi um clássico e continua a sê-lo na sua chegada à Switch. Não faz nada de propriamente novo, mas são nos dadas todas as opções necessárias para progredir e competir pela melhor pontuação. O género dos shoot’em up teve grandes títulos durante a... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 10.

    Octopath Traveler - Análise

    Octopath Traveler

    Um fantástico JRPG, com uma apresentação notável que faz relembrar os velhos clássicos do género. Apesar de um arranque aos solavancos, a obra é fenomenal, sobretudo nos combates por turnos. A Square Enix tem um catálogo surpreendente de obras... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 9.

    Frostpunk - Análise

    Frostpunk

    Uma notável experiência de gestão de sobrevivência de uma civilização num cenário apocalíptico, Frostpunk é uma obra de fantástica qualidade que vicia e transforma horas em minutos à medida que os seus múltiplos sistemas vão sendo descobertos e compreendidos. Frostpunk é simplesmente fantástico. Não vale a pena... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 8.

    Moonlighter - Análise

    Moonlighter

    Ao aliar o comércio à progressão pelas suas cinco masmorras, Moonlighter transforma-se num roguelike notável que nunca faz o jogador bater contra uma parede e que consegue fazer com que o ciclo repetitivo da jogabilidade se mantenha sempre satisfatório e recompensador. A gestão do nosso inventário e o constante acumular de... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 7.

    F1 2018 - Análise

    F1 2018

    De regresso aos traçados, F1 2018 volta também a ser uma experiência que coloca os jogadores mais perto de serem pilotos a negociar curvas do campeonato oficial. Não é uma revolução face à obra do ano passado, mas é um excelente jogo de corridas. Com a presente temporada de Fórmula 1 a ter regressado de... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 6.

    Mini Metro (Switch) - Análise

    Mini Metro

    Um título minimalista com uma complexidade surpreendente. Mini Metro apresenta um design brilhante aliado a uma estratégia desafiante. Indispensável para ter na Nintendo Switch. Os jogos mais surpreendentes são os que têm as suas... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 5.

    Velocity 2X (Switch) - Análise

    Velocity 2X

    Um jogo excelente que combina design e mecânicas de jogabilidade na perfeição. Velocity 2X tem bastante conteúdo para divertir e deixar quem joga lutar pelo pódio das tabelas de classificação. Velocity 2X é uma enorme lição em design de... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 4.

    Forza Horizon 4 - Análise

    Forza Horizon 4

    Tecnicamente soberbo, o novo jogo da Playground Games é também excelso na quantidade de quantidade de conteúdo apresentado e na jogabilidade executada. É, basicamente, um dos melhores jogos de 2018. Divirtam-se. Forza Horizon 3 é um excelente jogo, uma obra capaz de elevar o... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 3.

    The Banner Saga 3 (Switch) - Análise

    The Banner Saga 3

    A última obra da trilogia da Stoic Studio fecha a história. Porém, é a jogabilidade que mais sofre, visto manter-se praticamente intacta, sem melhorar os seus problemas de ritmo. A epopeia nórdica da Stoic Studio encerra, definitivamente, a trilogia... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 2.

    The Messenger (Switch) - Análise

    The Messenger

    Uma obra que segue as pisadas de Ninja Gaiden, mas que acaba por traçar o seu próprio caminho. Praticamente todos os aspetos de The Messenger foram bem pensados num jogo que homenageia, mas que entrega, sobretudo, uma aventura única. 2018 tem-se revelado um ano notável para quem gosta de jogos que se... mais

    Analisado em:   Platforms: PC

  • 1.

    Guacamelee! 2 (Switch) - Análise

    Guacamelee! 2

    Um mundo mexicano num jogo metroidvania surpreendente, que por vezes vos poderá entregar um excesso de mecânicas. Apesar de haver muitos e exigentes desafios, ultrapassá-los é sempre gratificante. A sequela da Drinkbox Studios, Guacamelee! 2, é um muito bom exemplo... mais

    Analisado em:   Platforms: PC