Melhores Jogos de Action de 2017 na Xbox One

Bem-vindo ao top de jogos de Action de 2017, uma lista dos melhores videojogos gerada pelas análises editoriais e popularidade no site. Aqui estão os nossos favoritos...
  • 15.

    Has-Been Heroes - Análise

    Has-Been Heroes

    Um bom conceito para jogo roguelike, mas falha na sua execução. Com um melhor equilíbrio na jogabilidade proposta poderia ter saído daqui um jogo recomendável, infelizmente não o é. Este título dos produtores da trilogia Trine é um caso bastante peculiar,... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 14.

    Agents of Mayhem - Análise

    Agents of Mayhem

    Agents of Mayhem apresenta muito para fazer e um elenco extenso de personagens. Contudo, os processos das missões não demoram muito a mostrar sinais de uma repetição que se vai adensando. Mesmo com alguns altos e baixos, a saga Saints Row tem uma legião... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 13.

    Super Bomberman R - Análise

    Super Bomberman R

    O título da Konami não oferece muito mais daquilo que se espera: diversão multijogador. Fora desse espectro, Super Bomberman R não contém material que justifique um preço tão elevado. O que é certo, é que neste momento não faltam propostas multijogador local... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 12.

    LEGO Worlds - Análise

    LEGO Worlds

    Com muito para descobrir, LEGO Worlds peca por não se conseguir manter revigorado durante muito tempo e por apresentar vários problemas técnicos. Algumas pessoas ascendem pela criatividade. Essas manifestações são a base... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • AD #1
  • 11.

    Mr. Shifty - Análise

    Mr. Shifty

    Este título australiano apresenta uma mecânica simples e funcional, contudo é o design inteligente dos níveis que sobressai para oferecer diversão. Se Nightcrawler, o mutante da Marvel que se pode teletransportar, tivesse... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 10.

    Danger Zone - Análise

    Danger Zone

    O conceito de Danger Zone é executado com mestria, mas a obra da Three Fields Entertainment não tem a robustez necessária para se transformar em algo mais do que apenas uma experiência para queimar algum tempo morto. Enquanto alguns ainda suspiram e aguardam pelo regresso a partir das cinzas... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 9.

    Get Even - Análise

    Get Even

    Em Get Even temos uma obra com um excelente arco narrativo apresentado em vários planos. Infelizmente, há outros pontos que não estão tão bem executados, mas fica a expectativa do que a produtora conseguirá fazer no futuro. As grandes obras de terror tomam-nos o corpo por garantido, deitam-nos... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 8.

    Tokyo 42 - Análise

    Tokyo 42

    Quanto tudo funciona como deve ser, Tokyo 42 proporciona uma experiência de enorme valia. Infelizmente, vários problemas impedem-no de se tornar em algo de qualidade mais constante e de fácil recomendação. Sem a campanha de marketing que caracteriza as obras das principais editoras... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 7.

    The Flame in the Flood: Complete Edition (Switch) - Análise

    The Flame in the Flood

    Esta obra de sobrevivência tem as suas ideias no sítio. Mas acaba por ser demasiado frustrante no momento de tomar decisões que possam alterar o rumo do jogo.  É difícil de entender a decisão dos produtores que decidem criar mais um... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • AD #2
  • 6.

    For Honor - Análise

    For Honor

    Mesmo com vários problemas relacionados com a dependência do online, For Honor apresenta uma jogabilidade profunda que se espalha por incontáveis sessões de jogo a tentarmos ser melhor do que os outros, mas sobretudo melhor do que nós próprios. Mesmo depois dos tutoriais, a minha habituação a For Honor não foi rápida.... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 5.

    NieR: Automata - Análise

    NieR: Automata

    Servindo-se de um combate satisfatório e recompensador, NieR Automata ofusca um mundo de jogo que não é particularmente interessante de se explorar e missões secundárias repetitivas. Numa época dominada por ferozes campanhas de marketing, dezenas de vídeos... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 4.

    Metal Slug X (Switch) - Análise

    Metal Slug X

    Metal Slug X continua a espalhar charme, a proporcionar o relembrar de outros tempos. A diversão com o multijogador local é instantânea e alimenta conquistas pelo meio do caos. A framerate tem os seus abrandamentos notórios. É provável que durante a vossa dedicação aos videojogos o caminho já se... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 3.

    Assassin's Creed Origins - Análise

    Assassin's Creed Origins

    Depois de um necessário ano de ausência, Assassin’s Creed consegue com Origins finalmente revolucionar de forma significativa a sua experiência, abraçando o género RPG e dando maior ênfase à exploração e ao conteúdo secundário. Apesar de, com mais ou menos problemas técnicos, a qualidade se ter mantido... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 2.

    Hellblade: Senua's Sacrifice - Análise

    Hellblade: Senua's Sacrifice

    Hellblade é uma jornada memorável até à mente atormentada de uma guerreira a enfrentar os seus demónios interiores e a agarrar-se ao que lhe é mais querido. Uma obra que marca quem a joga e uma experiência que eleva a Ninja Theory a um novo patamar. Hellblade é um jogo especial. Um projecto de paixão de uma produtora... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One

  • 1.

    Middle-earth: Shadow of War - Análise

    Middle-earth: Shadow of War

    Shadow of War tem algumas falhas, como uma caracterização aquém de personagens, mas somando todas as partes que o compõem fica uma aventura enorme, épica, com vários momentos memoráveis. É muito provável que a Monolith Productions não estivesse à espera que... mais

    Analisado em:   Platforms: Xbox One