A Activision Blizzard confirmou durante a sua conferência para divulgar os resultados financeiros para o último trimestre que começou o processo para cortar 8% da sua força de trabalho.

Ainda que o número exato de postos que foram afectados não tenha sido revelado, aproximadamente 800 pessoas perderam o seu emprego se tivermos em consideração que no ano passado a empresa tinha aproximadamente 9600 funcionários.

A editora começou a informar aqueles que foram afetados pela decisão executiva, que afetará a Activision, a Blizzard e ainda a King.

Bobby Kotick, CEO da empresa, revelou que as perdas de emprego são parte do objetivo de reduzir gastos desnecessários, com a Activision a focar-se nas séries essenciais e na reestruturação da empresa.

Ainda que a editora tenha registado um quarto trimestre sólido, Kotick notou que 2018 “não esteve à altura das nossas expectativas” e como resultado “a visão que a empresa tem para 2019 fica abaixo do que é possível numa indústria cheia de oportunidades de crescimento”.

Além disso, J. Allen Brack, presidente da Blizzard, mencionou numa carta publicada no site da produtora que “oferecemos a cada funcionário impactado um pacote indemnizatório que inclui pagamento adicional, continuidade de benefícios, além de apoio de carreira e recolocação para ajudá-los nas suas novas oportunidades profissionais”.

“Durante os últimos anos, muitas das nossas equipas não associadas ao desenvolvimento expandiram-se para suportar várias necessidades,” é também mencionado por Brack numa carta enviada aos funcionários e entretanto obtida pelo Kotaku.

“Atualmente os níveis de membros em algumas das equipas estão fora de proporção com o nosso agendamento de lançamentos atual. Isto significa que precisamos de reduzir algumas áreas da nossa organização,” é também mencionado.

“Peço desculpa em partilhar que vamos separar-nos de alguns dos nossos colegas nos EUA hoje. Nos nossos escritórios regionais, antecipamos avaliações semelhantes, sujeitas aos requisitos locais,” escreveu ainda Allard.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!