ATUALIZAÇÃO (07 de julho, 2020): A tradução da entrevista não foi feita corretamente e os atores Marcel Navarro e Nerea Alfonso estavam a brincar com o nível de secretismo em que a obra está envolvida, segundo apurou o GameXplain.

Os atores, sabe-se agora, não podiam sequer confirmar se estavam ou não de regresso para a sequela. Além disso, a declaração oficial do podcast Un café con Nintendo sobre a situação pode ser lida aqui.

ORIGINAL: Os atores que emprestam as suas vozes às personagens Revali e Zelda na versão espanhola de The Legend of Zelda: Breath of the Wild 2 afirmaram que o seu trabalho na sequela está terminado.

Marcel Navarro e Nerea Alfonso, Revali e Zelda respetivamente, foram convidados de um episódio recente do podcast Un café con Nintendo e comentaram o trabalho de vocalização que foi feito, tal como avança a edição espanhola do GameReactor.

Praticamente nada se sabe sobre a sequela de Breath of the Wild, uma vez que a Nintendo apenas confirmou, em junho do ano passado, que a mesma estava em desenvolvimento. Porém, se tivermos em consideração que as vocalizações locais são habitualmente um dos últimos passos durante o processo de desenvolvimento, o lançamento poderá estar mais próximo do que se pensava.

Também em junho, 2019, foi comentado por Eiji Aonuma, responsável principal da série The Legend of Zelda, que a sequela de Breath of the Wild surgiu depois da produtora ter percebido que tinha “demasiadas ideias” para um DLC tradicional.

A grande questão neste momento é se Breath of the Wild 2 (o nome final ainda não foi confirmado pela Nintendo) chegará à Switch durante 2020, podendo assim ser a grande aposta da casa de Quioto para a quadra festiva que se vai aproximando. Quando o lançamento acontecer, sabemos a obra vai proporcionar “novas experiências de jogo”.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!