Pedro Martins por - Mar 9, 2020

Call of Duty: Warzone é oficial, free-to-play e o lançamento é amanhã, 10 de março

Depois dos rumores chegou a confirmação oficial. Call of Duty: Warzone será mesmo free-to-play e o lançamento está marcado para amanhã, dia 10 de março. 

Com suporte para até 150 jogadores em simultâneo, Warzone fará com que os jogadores vistam a pele de um veterano Operator Tier 1 que é lançado no “denso e irregular” mundo de Verdansk. Esta experiência estará disponível para todos os jogadores, ou seja, não precisam de ter comprado Modern Warfare para o experimentar.

Foi confirmado também que no lançamento os jogadores poderão formar equipa em trios na PlayStation 4, na Xbox One e também no PC através do Battle.net. Estão confirmados dois modos de jogo: Battle Royale e Plunder.

No modo Battle Royale, como seria de esperar, terão que lutar por serem a última equipa no campo de batalha. A área de jogo, graças a um mortífero gás, vai ficando cada vez mais pequena. É, portanto, uma mecânica idêntica às restantes propostas do género, sendo que em Warzone as partidas começarão com os já mencionados 150 jogadores.

Caso optem por experimentar o modo Plunder, então terão que lutar para amealharem a maior maquia de Cash no jogo. Como? Fazendo loot pelo mapa, abatendo inimigos para roubarem o seu Cash e ainda completando Contracts nas partidas. 

A mensagem oficial detalha ainda a área de jogo, que como sabem será a cidade de Verdansk. O local terá mais de 300 pontos de interesse e várias zonas, cada uma adornada com os seus próprios pontos de referência. Fiquem também saber que cada zona incluirá diferentes cenários, com os exemplos dados a serem as cenas citadinas e também trechos que levarão os jogadores a áreas rurais. 

Uma das dicas deixadas pela Activision é que podem “mudar o local onde entram em cena em cada partida para terem uma melhor compreensão da terra e tirarem partido do que Verdansk tem para oferecer”. 

E como caminhar pelo cenário poderá não ser muito eficaz, Warzone terá cinco tipos de veículos. A saber: moto-quatro (dois lugares), Rover Tático (quatro lugares), SUV (quatro lugares), Camiões de Carga (equipa inteira e equipamento) e até Helicópteros (quatro lugares).

Como nota de rodapé fica a informação que uma das mecânicas que promete marcar a componente Battle Royale são as Stations. Como na componente Battle Royale amealhar Cash não é o objetivo principal, os jogadores poderão usá-lo para comprar itens nestes pontos, oficialmente descritos como Buy Stations. Entre outros estarão disponíveis Killstreaks, Redeploy Tokens (que servem para recuperar companheiros caídos) e Self-Revive Kits.

As Stations marcarão também presença no modo Plunder. Aqui as Buy Stations serão usadas para armazenar estes itens. O modo contará também com um item único, o Cash Deposit Ballon, que permite depositar dinheiro de qualquer parte do mapa.

Warzone partilha o crossplay e a progressão unificada de Modern Warfare. Quem tiver comprado o jogo terá todo o conteúdo que desbloquearam, incluindo os itens Battle Pass, Operators, armas e itens de personalização disponíveis em Warzone. Todo o progresso que fizerem em Warzone será refletido em Modern Warfare. 

Quem não tiver comprado a versão completa de Modern Warfare verá todo o progresso e os itens que forem desbloqueando em Warzone adicionados aos modos Multijogador e Special Ops de Modern Warfare, caso eventualmente o decidam comprar. A produtora confirma que não há limites de níveis em Warzone. 

Para terminar, alguns dados mais técnicos. Se compraram Modern Warfare, Warzone vai substituir o painel “Classified” no menu principal. Se tiverem Modern Warfare instalado, então o download do novo modo deverá estar entre os 18 e os 22GB. Não têm Modern Warfare instalado juntamente com as atualizações mais recentes? Então o download rondará os 83-101GB.

Call of Duty: Warzone será então publicado amanhã, dia 10 de março. Quem tiver comprado Modern Warfare poderá começar a jogar quando forem 15h00 em Portugal Continental – o acesso é garantido uma vez durante esta fase de “acesso antecipado”. Se estão no lote de jogadores que não têm o jogo completo, então Warzone fica disponível também amanhã, mas quatro horas depois, ou seja, quando forem 19h00 em Portugal Continental. 

Agora que estão a par de todas as novidades sobre a nova experiência Call of Duty, enquanto o lançamento não acontece podem ver o vídeo oficial publicado esta tarde.

 

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Call of Duty: Warzone

para PC, PlayStation 4, Xbox One

Lançado originalmente:

10 March 2020