A Donkey Crew, produtora do novo MMO Last Oasis, anunciou que vai desligar os servidores da obra durante uma semana e oferecer reembolsos completos aos jogadores que compraram o título (via PC Gamer).

Na semana passada, Last Oasis entrou na fase de acesso antecipado no Steam, contudo, os jogadores foram confrontados com problemas de ligação que se intensificaram durante o fim de semana.

O que está a provocar esta situação é um problema com o servidor principal que a produtora tinha anteriormente identificado, mas que estava a tentar corrigir enquanto os fãs continuavam a aceder ao mundo da obra. Como ficou provado, essa tática não resultou.

“Os nossos programadores têm trabalhado dia e noite para resolver este problema e precisam de alguma ajuda,” comentou um dos criadores numa atualização publicada em vídeo. “Precisamos de investigar devidamente o porquê do nosso teste de carregamento não ter detectado isto e o que correu mal, assim como compreendê-lo devidamente e resolvê-lo,” é acrescentado.

Para conseguir fazer isto, a Donkey Crew vai colocar os servidores do MMO offline durante uma semana e, como já foi mencionado, oferecer reembolsos completos independentemente do tempo que tenham experimentado o jogo.

A produtora estima que a sua obra esteja em formato de acesso antecipado entre 12 a 24 meses. Como seria de esperar, vai “depender fortemente do feedback da comunidade para melhorar o balanço e a performance” do seu jogo.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!