A Blizzard Entertainment estava originalmente a desenvolver Diablo IV como o jogo fosse uma experiência Dark Souls, segundo um novo rumor.

Como podem ler aqui, esta informação faz parte de um longo artigo publicado pelo Kotaku, que revela que a primeira encarnação do muito aguardado título estava a ser desenvolvido com o nome de código Hades.

Alegadamente, a Blizzard começou a trabalhar nesta versão de Diablo IV depois de ter lançado Diablo III: Reaper of Souls, tendo cancelado uma segunda expansão para o jogo durante o processo.

A versão de Diablo IV inspirada na série Souls tinha vários membros da equipa que produziu Diablo III a trabalhar no seu desenvolvimento entre 2014 e 2016, incluindo o diretor Josh Mosqueira.

Depois de ter sido cancelada, a Blizzard colocou equipas a trabalhar em dois novos projetos: uma nova versão de Diablo IV e também no DLC  Rise of Necromancer para Diablo III.

Segundo as fontes do Kotaku, a atual versão de Diablo IV tem o nome de código Fenris e esteticamente partilha mais em comum com os dois primeiros jogos da série.

“Há muitas pessoas que sentiram que Diablo 3 fugiu daquilo que fez de Diablo Diablo em termos de estilo de arte e efeitos de feitiços,” comentou uma das fontes junto do site.

“Eles querem que fazer [Fenris] grotesco, querem fazê-lo sombrio, [querem livrar-se] de tudo o que era considerado infantil em Diablo 3… fazer aquilo de que as pessoas tinham medo em Diablo 2, mas de uma forma moderna.”

Neste momento, a Blizzard não está propriamente numa posição muito popular junto dos fãs, depois do seu anúncio de Diablo Immortal, obra que está em desenvolvimento para os dispositivos móveis, na BlizzCon 2018. A produtora negou também os rumores que afirmavam que havia planos para mostrar Diablo IV no evento.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!