Depois de ter sido adiado para próximo ano, a Paradox Interactive e a Hardsuit Labs anunciaram esta tarde, através de uma publicação no seu website oficial, que Brian Mitsoda, Designer da Narrativa e Escritor do jogo original, e Ka'ai Cluney, Diretor Criativo de Vampire: The Masquerade - Bloodlines 2, já não estão envolvidos na produção.

"Agradecemos, e valorizamos, as contribuições de Brian e Ka'ai, que foram instrumentais para estabelecer a história do jogo e o seu tom negro e ajudaram a garantir que estamos a criar um verdadeiro sucessor ao icónico Bloodlines", é possível ler na mensagem assinada pela duas empresas.

Contactado pelo Rock Paper Shotgun, Mitsoda afirmou que "dizer que isto foi um choque para mim seria um eufemismo", referindo que a sua posição foi subitamente terminada em julho, depois de cinco anos no estúdio.

"Não fiz parte das conversas que levaram ao adiamento da produção, e do meu conhecimento, não houve adiamentos causados pelos desenvolvimento da narrativa de Bloodlines 2. Estou confiante e orgulhoso do trabalho que eu e a minha equipa fizemos. Quando é que esse trabalho vai ser visto e que em que forma é que vai ficar é algo que desconheço", referiu ainda o autor da narrativa do aclamado título original.

Para substituir estes dois nomes no desenvolvimento da obra, Alexandre Mandryka vai juntar-se à equipa de Bloodlines como Consultor Criativo, com a Paradox a afirmar que "estas alterações têm um único objetivo: trazer-vos o melhor jogo Vampire: The Masquerade possível".

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!