A Square Enix anunciou durante uma transmissão em direto que Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, tinha saído da produtora para formar o seu próprio estúdio.

Como resultado da saída de Hajime, três das quatro expansões planeadas para o Role Playing Game - os episódios Noctis, Aranea, e Lunafreya - foram canceladas. O episódio Arydyn continua em desenvolvimento e será publicado em março, 2019.

Tabata trabalhou em vários títulos Final Fantasy ao longo dos anos, incluindo Crisis Core: Final Fantasy VII e Final Fantasy Type-0. Assumiu o cargo de diretor de Final Fantasy XV em 2013.

“Consegui adquirir muita experiência durante o tempo que passei na Square Enix. Todos os títulos de que fiz parte significam muito para mim. Contudo, FFXV destacou-se do grupo pois foi um projeto especial para mim a que dei tudo,” comentou Tabata numa mensagem enviada aos fãs.

“Como tal, decidi aproveitar esta oportunidade para anunciar oficialmente a minha saída de FFXV a todos os fãs que têm apoiado o título em todo o mundo,” é ainda acrescentado.

Uma vez que os DLC foram cancelados, Akio Ofuji diretor da marca Final Fantasy XV a nível global, comentou que os recurso poderão assim ser usados num novo título AAA que está atualmente em desenvolvimento na Luminous Productions.

Final Fantasy XV foi publicado na PlayStation 4 e na Xbox One em novembro de 2016, chegando posteriormente ao PC no início deste ano.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!