A Disney confirmou durante a madrugada passada que o seu serviço de streaming, conhecido como Disney+, tem estreia marcada para o dia 12 de novembro nos Estados Unidos da América.

Além das aplicações para dispositivos móveis, dos browsers e das televisões inteligentes, o serviço estará também disponível nas consolas, estando para já confirmado o acordo com a Sony para o lançamento na PlayStation 4.

O detalhe mais interessante é mesmo o facto de a Disney estar a tentar lançar a aplicação na Switch, pois convém não esquecer que no momento em que esta notícia é escrita a Netflix e o Prime Video da Amazon ainda não estão disponíveis na consola da Nintendo.

Ainda que o lançamento em novembro seja apenas válido para o mercado americano, a Disney tem planos para fazer chegar o seu serviço a outros mercados durante os próximos dois anos.

O Disney+ não terá obviamente videojogos, mas sim filmes e séries do enorme catálogo de propriedades da Disney, incluindo Star Wars, Marvel, Pixar e National Geographic. Foi também confirmado que o streaming dos Simpsons passará a ser um exclusivo do serviço, que exibirá as trinta temporadas logo no dia de lançamento.

Ainda em termos de conteúdo, foi confirmado que há spin-offs da Marvel a serem produzidos, nomeadamente, com Loki, Falcon e Scarlet Witch.

Quando chegar aos EUA, o Disney+ terá uma mensalidade de 6,99 dólares.

(Notícia atualizada às 10:05 para reflectir o facto de o lançamento na Switch e na Xbox One ainda não estar confirmado neste momento, apesar de ter sido mostrada uma imagem com as consolas da Nintendo e da Microsoft durante a apresentação).

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!