por - Mar 11, 2021

EA lança uma “investigação minuciosa” para averiguar o #EAGate

A EA revelou que está a lançar uma “investigação minuciosa” depois de ter sido alegado que um funcionário terá vendido cartas FIFA 21 Ultimate Team no mercado negro para lucro próprio.

Como inicialmente avançado pelo site VGC, os relatos ainda por confirmar afirmam que um funcionário vendeu algumas das cartas Icon e Team of the Year mais raras (habitualmente encontradas nos packs aleatórios do jogo) em bundles que terão custado até 1000€.

Estas acusações incluem capturas de ecrã e até mesmo vídeos das transações e das cartas em montra, tendo sido publicadas no Twitter com a hashtag #EAGate por vários membros proeminentes da comunidade FIFA 21.

Num comunicado publicado na conta EA Sports FIFA oficial no Twitter, a empresa afirma que “estamos cientes das alegações que estão neste momento a circular na nossa comunidade relativamente a itens FIFA 21 Ultimate Team. Uma investigação minuciosa está a ser conduzida e se identificarmos uma conduta imprópria, vamos tomar ações rapidas”.

A mensagem continua para afirmar que “queremos ser claros – este tipo de comportamento é inaceitável, e não apoiamos de forma alguma o que alegadamente aconteceu aqui. Compreendemos como isto cria preocupações sobre um equilíbrio injusto no jogo e na competiação”.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

FIFA 21

para Google Stadia, Nintendo Switch, PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X

Lançado originalmente:

08 October 2020