Foram divulgados mais pormenores sobre a campanha de Call of Duty: WW2 na edição de setembro da revista Game Informer.

A nova informação confirma novos aspetos do jogo, assim como detalhes sobre algumas das suas missões. Os jogadores poderão fazer-se passar por um soldado Nazi, fazer parte da campanha Aliada em França, abrir caminho por uma floresta até à região alemã da Renânia e, sim, jogar pelos momentos caóticos do D-Day na praia.

Segundo o artigo, o jogo tentou recriar algo no tom de O Resgate do Soldado Ryan, a começar com as operações de aterragem durante o D-Day (que teve o nome de código Operation Neptune), onde imensos soldados amontoaram-se nas praias da Normandia. 

Esta sequência também proporciona encontros na primeira pessoa com os soldados inimigos, que são descritos como “brutais” e “próximos”. A campanha do jogo decorrerá na Europa, com as missões a colocarem também os jogadores na Operation Cobra e a lutarem por França juntamente com outros aliados, enquanto tentam chegar a Berlim pela Floresta Hürtgen junto do Reno. 

Numa missão chamada “Wolf’s Den” os jogadores vestirão as roupas de um soldado Nazi para se infiltrar numa base alemã. A missão pedirá aos jogadores para interagirem e para responderem a outros soldados de forma correta para assegurar que não atraem suspeitas. 

No artigo, Michael Condrey, responsável pela Sledgehammer Games, discutiu o uso de alguns ícones Nazi no jogo. Disse que o estúdio debateu o tópico antes de chegar à conclusão que “era importante para nós equilibrar a autenticidade do jogo e a era, e as notas sombrias que chegam do genocídio que os Nazis cometeram”.

“Precisamos de equilibrar e de respeitar isso, mas também reconhecer que isto é um obra de entretenimento e não desrespeitar a perda de vidas que aconteceu lá,” acrescentou.

Condrey continuou afirmando que apesar de o jogo principal ter iconografia Nazi como suásticas, está a tentar mostrar os horrores da guerra, enquanto no “multijogador, zombies, e espaços sociais não pareceu apropriado; não pareceu adicionar honra à causa”.

Call of Duty: WW2 será publicado dia 3 de novembro no PC, PlayStation 4 e Xbox One. Os jogadores que pré-encomendarem o jogo terão acesso à beta, que começará primeiro na PlayStation 4 dia 25 de agosto e arrancará na Xbox One dia 1 de setembro.