Robert A. Altman, CEO e co-fundador da ZeniMax, faleceu aos 73 anos, foi confirmado pela empresa.

Numa mensagem publicada pela conta oficial da Bethesda, que faz parte da ZeniMax, no Twitter, é dito que estão “profundamente entristecidos em comunicar-vos o falecimento de Robert A. Altman, o nosso fundador e CEO”.

“Ele foi um verdadeiro visionário, amigo, e crente no espírito das pessoas e no poder do que podiam alcançar em conjunto. Era um extraordinário líder, e um ser humano ainda melhor,” é acrescentado na mensagem.

Não foi revelada a causa da morte, mas a empresa publicou uma carta aberta escrita por James Altman, filho de Robert, que presta tributo ao seu pai e diz que “uma das qualidades pessoais mais definidora do Robert era como sempre tomava conta das pessoas, e as estimava”.

“Julgo que é apropriado que uma das últimas grandes conquistas pessoais do Robert - numa longa carreira de conquistas profissionais - foi fazer um acordo para que a empresa fosse comprada pela Microsoft,” continua.

Altman - que foi casado com Lynda Carter, atriz que interpretou Wonder Woman originalmente e era uma frequente colaboradora da Bethesda - estabeleceu a ZeniMax em 1999 juntamente com Christopher Weaver como empresa-mãe da Bethesda. Nos anos seguintes, acabaria por comprar diversos estúdios, entre os quais a id Software, Arkane Studios, Tango GameWorks e a MachineGames.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!