Final Fantasy VII Remake vendeu mais de 3.5 milhões de cópias globalmente durante os três primeiros dias após a sua chegada ao mercado dia 10 de abril, foi anunciado pela Square Enix na mensagem que podem ler no final desta notícia.

Apesar da boa performance, Final Fantasy XV vendeu mais que o Remake, tendo conseguido atingir a marca dos cinco milhões de unidades na mesma janela de lançamento. Importa não esquecer, porém, que Final Fantasy XV é uma obra multiplataforma e que Final Fantasy VII Remake está apenas disponível na PlayStation 4.

Além disso, Final Fantasy VII Remake chegou ao mercado num momento em que o mundo está a lidar com os efeitos da pandemia global provocada pelo novo coronavírus. A Square Enix tinha afirmado que os jogadores na Europa e na Austrália receberiam a obra mais cedo do que os fãs nos outros mercados. Esta decisão está relacionada com as disrupções na distribuição internacional devido à pandemia.

É provável que as vendas de Final Fantasy VII Remake registem um aumento considerável quando o jogo chegar a novas plataformas, algo que acontecerá depois de abril, 2021. Além de ter sido encontrado código da versão PC na demo que chegou à PlayStation Store, foi publicada uma mensagem do produtor onde a jogabilidade mostrada tinha sido gravada no PC.

Por esclarecer ficam obviamente quais serão as plataformas que receberão o jogo. O PC é obviamente um bom candidato, mas será interessante perceber se a Xbox One também será contemplada. Além disso, há a questão de Final Fantasy VII Remake poder chegar também à PlayStation 5 e à Xbox Series X, consolas que serão lançadas no final de 2020.

Final Fantasy VII Remake será dividido em partes, com o diretor Tetsuya Nomura a explicar que está “confiante que jogar este título expanda as vossas expectativas tal como o mundo que se estende além de Midgar”.

Desde o dia 10 de abril, Final Fantasy VII Remake está disponível na PlayStation 4.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!