por - Aug 3, 2021

J. Allen Brack saiu da Blizzard

A Activision Blizzard anunciou a saída de J. Allen Brack, presidente da Blizzard, entre os efeitos de um processo recente que acusa a Activision Blizzard de sustentar um ambiente de trabalho tóxico.

Foi publicada uma declaração pública onde a empresa confirma a notícia e afirma que Brack “está de saída da empresa para perseguir novas oportunidades”. Será substituído por Jen Oneal e Mike Ybarra, ambos nomeados co-líderes da editora.

Brack publicou a sua própria declaração no site da Blizzard onde dá as boas-vindas aos seus sucessores. “Estou confiante que a Jen Oneal e o Mike Ybarra vão fornecer a liderança que a Blizzard precisa para alcançar completamente o seu potencial e vão acelerar o ritmo da mudança”.

“Antecipo que vão fazer isso com paixão e entusiasmo e que podem ser confiados para liderar com os níveis mais elevados de integridade e empenhamento com os componentes da nossa cultura que fazem a Blizzard tão especial,” acrescentou.

Jen Oneal foi anteriormente vice-presidente executiva de desenvolvimento na empresa, dando “suporte e liderança” ao desenvolvimento de séries como Diablo e Overwatch.

Foi também responsável pela Vicarious Visions, produtora de Tony Hawk’s Pro Skater 1+2, antes da mesma ser adquirida pela Blizzard este ano. Ybarra juntou-se à Blizzard como um vice-presidente executivo e gestor geral em 2019 depois de ter passado quase vinte anos na Xbox.

Na semana passada, os funcionários da Blizzard organizaram uma greve para suportar o tratamento dos trabalhadores marginalizados e exigir melhores condições de trabalho na Activision Blizzard.

Foi um movimento suportado por vários funcionários da Ubisoft, que enfrentaram uma situação idêntica no ano passado, e pediram uma resposta mais pró-ativa e que aqueles que estão na gerência sejam responsabilizados.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments