A Konami, editora que conta no seu catálogo com séries como Metal Gear Solid e Silent Hill, negou os rumores que vai encerrar a sua divisão de videojogos após uma reestruturação interna empresarial. Esta reestruturação visa consolidar as suas secções de produção.

Estes rumores começaram a circular após a empresa nipónica ter anunciado formalmente a reestruturação junto dos seus investidores numa comunicação empresarial publicada ontem. Lá podem-se ler várias alterações no pessoal e organizacionais, incluindo a nomeação de vários líderes para as divisões de produção. Aparentemente, estas alterações dissolveram as Divisões de Produção 1, 2 e 3.

Contudo, numa declaração enviada ao Eurogamer, a Konami nega que a sua secção na área dos videojogos esteja em perigo. “O anúncio faz várias referências a uma reestruturação interna, com as Divisões de Produção a serem consolidadas,” é dito no comunicado.

“Não encerramos a nossa divisão de videojogos,” é então acrescentado. Como é notado pela publicação inglesa, o papel das “divisões” é supervisionar os departamentos de produção responsáveis pelo desenvolvimento de jogos, e são esses departamentos que continuam intactos.

Esta decisão foi pensada para dinamizar o negócio da editora, é acreditado, ao remover uma camada de gestão do processo para que os departamentos comuniquem diretamente à gestão superior. A Konami espera que esta reestruturação lhe permita responder mais rapidamente às mudanças do mercado.

É ainda confirmado que esta decisão entrará em vigor dia 1 de fevereiro, 2021.

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!