A Konami e a UEFA Champions League terminaram uma parceria que durava há dez anos, foi anunciado esta tarde num comunicado publicado no site oficial da UEFA.

A final da Liga dos Campeões 2018, que está marcada para Kiev, será assim o ponto final na ligação entre as duas marcas, o que obviamente se deverá repercutir na linha Pro Evolution Soccer.

“A Konami tem sido um forte parceiro de licenciamento para a UEFA Champions League e para a UEFA Europa League, com a nossa marca de competição a ser fortemente destacada no videojogo e como parte dos torneios e-sports UEFA Champions League organizados pela Konami,” comentou Guy-Laurent Epstein, diretor de marketing da UEFA Events SA.

“Tem sido uma parceria muito cooperativa e benéfica mutuamente. A UEFA gostaria de agradecer à Konami o seu tremendo empenhamento e apoio às competições de clubes da UEFA durante a última década e espera continuar a trabalhar com a Konami na esfera das equipas nacionais da UEFA,” acrescentou.

A Konami também se pronunciou sobre o final da parceria, com Jonas Lygaard, diretor sénior de desenvolvimento de marca e negócios da Konami, a comentar que “a licença da UEFA Champions League deu-nos uma plataforma para criar experiências únicas e dar aos fãs de futebol de todo o mundo uma oportunidade para desfrutar desta competição em primeira mão”.

“Este ano, contudo, vamos mudar o foco para outras áreas. Vamos continuar a explorar formas alternativas para que a UEFA e a Konami continuem a trabalhar em conjunto, uma vez que a nossa relação continua forte”.

Com o final desta parceria, será curioso perceber se o próximo FIFA terá a Liga dos Campeões de forma oficial e como é que PES vai reagir.