Pedro Martins por - Jun 2, 2022

Lançamento da base do Steam Deck foi adiado

A base do Steam Deck chegará ao mercado mais tarde do que estava previsto, foi anunciado pela Valve num comunicado oficial.

Importa não esquecer que o acessório já tinha falhado a chegada ao mercado em fevereiro, quando as primeiras unidades do hardware da Valve começaram a ser enviadas para os jogadores.

Agora, contudo, é afirmado que este novo adiamento se deve “à escassez de componentes e aos encerramentos das instalações das nossas fábricas por causa da COVID”.

Não se sabe para já quando é que a base chegará ao mercado, com a empresa a mencionar apenas que “estamos a trabalhar no sentido de resolver esta situação e iremos partilhar mais detalhes assim que possível”.

Se estão na lista para receberem uma Steam Deck não terão que ficar preocupados com esta escassez de componentes, uma vez que é que afirmado que “os planos de produção e as reservas de Steam Decks não serão afetados, uma vez que se trata de componentes e fábricas diferentes”.

Caso não estejam familiarizados com o hardware, a base vai permitir que os jogadores liguem o Deck diretamente a uma televisão ou a um monitor, passando a imagem para um painel substancialmente maior. Além disso, permitirá também que liguem vários periféricos através das entradas USB.

A Valve confirma também que está a “dirigir esforços para melhorar a experiência de utilização do Steam Deck com hubs USB-C e monitores externos”.

Como podem verificar nesta página oficial, o Steam Deck é comercializado em três modelos diferentes com preços que variam entre os 419€ e os 679€. Independentemente do modelo escolhido, quem comprar a máquina neste momento apenas a receberá depois do terceiro trimestre. Ou seja, em outubro ou mais tarde.

Neste momento, a base do Steam Deck não tem um dia de lançamento definido nem um preço de venda ao público.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments