Marco Gomes por - Mar 15, 2015

Microsoft Kinect presta a sua tecnologia a as•phyx•i•a

Um corpo que dança através de linhas. Linhas que dançam através de pontos. O som – movimento – ato mesmerizante. Árduo labor tentar descrever as•phyx•i•a, primeiro projeto nascido da colaboração do designer português Frederico Phillips com a produtora musical japonesa, embora residente nos Estados Unidos da América, Maria Takeuchi, tendo como suporte tecnológico a captura de movimentos permitida pela mais recente versão do Microsoft Kinect.

Recorrendo a dois modelos do, agora já não tão, inseparável companheiro da Xbox One e vários tipos de software para registar e processar a coreografia da bailarina, também ela japonesa, Shiho Tanaka, foi possível criar, em cerca de 6 semanas, o filme experimental que em baixo se mostra, onde, segundo Frederico em declarações ao Público, a “performance está centrada numa coreografia eloquente que enfatiza o desejo de ser expressivo sem limites”.

O critério por detrás da escolha deste tipo de tecnologia é explicado assim pelo autor: “Estas técnicas de captura já são possíveis e utilizadas constantemente há vários anos por produções com grandes capacidades financeiras, mas estes pequenos sensores permitem agora que a maioria das pessoas tenha a mesma oportunidade por um custo bem baixo.”.

Para desfrutar de uma melhor experiência de visualização da obra, aconselha-se vivamente a utilização do registo contido na página oficial do projeto.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments