Pedro Marques dos Santos por - Jun 30, 2013

Microsoft pensava que detinha os direitos de Donkey Kong

De acordo com as declarações de Chris Seavor, antigo trabalhador da Rare, no Twitter, após a aquisição do estúdio por parte da Microsoft, a produtora chegou a pensar que teria adquirido os direitos da série Donkey Kong.

A revelação surgiu depois de um seguidor de Seavor o ter questionado sobre onde estaria a versão Xbox One de Knack, exclusivo PlayStation 4.

“A geração atual de ‘mecenas’ nem sequer sabem se possuem a propriedade intelectual… Aqui vai uma história verídica… Quando a Rare foi adquirida pela Microsoft, um grupo de executivos veio visitar-nos… Um deles reparou nos posters de Donkey Kong por todo o lado e disse… Nós possuímos Donkey Kong, certo?,” escreveu Seavor.

Outro antigo trabalhador do estúdio, Phil Tossell falou sobre o “enorme choque cultural” que se verificou entre a Microsoft e a Rare após a sua aquisição, afirmando que o estúdio ficou cada vez mais sobre o controlo da produtora com o passar do tempo.

Recentemente, a Microsoft anunciou uma nova versão de Killer Instinct, uma das propriedades intelectuais de maior sucesso da Rare, embora tenha sido confirmado que o título estaria a ser produzido fora do estúdio. Sobre esse mesmo facto, Seavor comentou que juntar a equipa original de Killer Instinct é como pedir aos Pink Floyd para voltarem a reunir-se.

A mais recente entrada da série Donkey Kong, que continua sobre a alçada da Nintendo, será Donkey Kong Country: Tropical Freeze que está em produção na Retro Studios.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Donkey Kong Country: Tropical Freeze

para Nintendo Switch, Wii U

New DK platformer for the Wii U.

Lançado originalmente:

04 May 2018