por - Jun 19, 2013

Novos pormenores de Kingdom Hearts 3 vindos da Famitsu

Kingdom Hearts 3 foi desvendado ao público no passado dia 10, na conferência da E3 da Sony. Porém, até agora, pouco mais sabemos do título da Square Enix para além do vídeo que pudemos visualizar.

A mais recente edição da revista Famitsu vem-nos esclarecer mais sobre o jogo, com respostas vindas diretamente de Tetsuya Nomura, diretor de Kingdom Hearts 3. O sítio Polygon traduziu a entrevista da revista nipónica e temos assim vários detalhes da história, jogabilidade e do novo estilo artístico do jogo.

Tetsuya Nomura revelou que a história iniciar-se-á onde Dream Drop Distance – título para Nintendo 3DS lançado em 2012 – terminou.

“Estamos a prosseguir com a seleção dos mundos para o jogo. É o último episódio da saga ‘Dark Seeker’ que começou no primeiro Kingdom Hearts, e representará a batalha final com Xehanort.”, disse Nomura.

No que toca ao grafismo do jogo, Nomura confessou que a escolha para o estilo artístico, visto no vídeo de apresentação, é o resultado de um longo esforçoo de tentativa e erro.

“Passámos bastante tempo a decidir que caminho tomar com os visuais de Kingdom Hearts na nova geração. Devíamos ter optado por visuais mais realísticos como em recentes projetos, ou tentar outra coisa? Durante este processo, relembrámo-nos que estas personagens de Kingdom Hearts foram originalmente obras de arte pintadas a pincel da Disney Productions, uma textura que foi um dos nossos objetivos principais, e era tempo de regressar a isso. Por isso [Takeshi (diretor criativo chefe)] Nozue passou por uma série de testes, e o resultado destes são visuais aos quais chamamos de Kingdom Shader. Pode parecer uma mudança drástica, mas vejo-a como uma rica evolução de tudo que vos mostrámos até agora.”, continua Nomura.

Para terminar a entrevista com a famosa revista japonesa, Nomura ainda faz uma breve referência à jogailidade de Kingdom Hearts 3.

“Temos uma demonstração a correr no hardware atual, no entanto a ação é muito frenética. A ação arrojada que sempre tivemos está tornar-se ainda mais louca. Kingdom Hearts 3 tem “parties” com três pessoas , porém os NPCs e as outras personagens entram na luta em cada mundo em particular, e o resultado é uma ação ostentosa e entusiasmante. A IA dos inimigos é muito mais complexa, e acho que a jogabilidade refletirá o novo equilíbrio dinâmico. Por exemplo, se houver um adversário que tem uma forma de veículo, Sora poderá saltar e voar à volta dele; é algo que já está implementado.”, concluiu Nomura.

Kingdom Hearts 3 chegará à PlayStation 3 e à Xbox One com data indefinida. Porém Nomura prometeu que o jogo voltará a público ou na Tokyo Game Show ou na exposição japonesa D23, em outubro.

Fonte: Famitsu via Polygon

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Kingdom Hearts 3

para Nintendo Switch, PC, PlayStation 4, Xbox One

O RPG com personagens da Disney e da Square Enix conclui finalmente…

Lançado originalmente:

25 de janeiro, 2019