Nos últimos dias, PewDiePie, o YouTuber com mais subscritores no mundo, viu-se envolvido numa nova polémica quando usou um insulto racial numa transmissão em direto.

Escrevemos sobre o assunto aqui, quando a Campo Santo, produtora de Firewatch, resolveu apresentar uma queixa DMCA para que os vídeos com o seu jogo fossem removidos do canal de Felix Kjellberg, o nome verdadeiro de PewDiePie.

Agora, contudo, é notícia que Kjellberg finalmente falou sobre o assunto depois da polémica ter sido amplamente discutida pela Internet fora. Podem ver a declaração a íntegra nos parágrafos seguintes. No final, podem ver também o vídeo com a resposta de PewDiePie.

“Provavelmente não acreditarão em mim quando eu digo isto, mas sempre que acedo online e ouço outros jogadores a usarem o mesmo tipo de linguagem que eu usei, acho-o sempre extremamente imaturo e estúpido. E odeio que agora tenha pessoalmente alimentado essa parte dos videojogos,” começou por mencionar o YouTuber.

“Foi algo que disse no calor do momento. Disse a pior palavra em que consigo pensar. E simplesmente escapou-me. Não vou tentar desculpar por a ter usado porque não há desculpa possível”.

“Estou desiludido comigo próprio porque parece que não aprendi nada com as controvérsias do passado. E não é que pense que posso dizer ou fazer o que quiser e safar-me. Não é mesmo isso. Sou apenas um idiota”.

“Mas isso não torna ok o que eu disse ou como o disse. Não foi ok. Peço imensa desculpa se ofendi, magoei ou desiludi alguém com tudo isto. Estar na posição que eu estou, devia saber mais. Eu sei que não posso continuar a errar desta forma,” continuou.

“Devo ao meu público e a mim próprio fazer melhor que isto porque eu sei que sou melhor que isto”.

“Quero mesmo melhorar o que sou, não apenas por mim, mas por qualquer um que me vê como um exemplo ou qualquer um que é influenciado por mim. É dessa forma que eu quero ultrapassar isto,” concluiu.

Neste momento, o canal de PewDiePie conta com 57 milhões de subscritores. Quando esta notícia é escrita, o vídeo que podem ver de seguida foi publicado há uma hora e já foi visto mais de 450 mil vezes.

Via Eurogamer.net.