Pedro Martins por - Jan 21, 2022

Phil Spencer confirma “a nossa vontade de manter Call of Duty na PlayStation”

Phil Spencer, o CEO da Microsoft Gaming, ofereceu alguns detalhes sobre os planos que a Xbox tem para a série Call of Duty depois da compra da Activision Blizzard.

Numa mensagem publicada no Twitter, Spencer revelou que tem estado em conversas com a Sony. “Confirmei a nossa intenção de honrar todos os acordos existentes com a compra da Activision Blizzard e a nossa vontade de manter Call of Duty na PlayStation,” diz.

“A Sony é uma parte importante da nossa indústria, e nós valorizamos a nossa relação,” atesta ainda Spencer na mensagem partilhada com os seus seguidores.

As plataformas onde Call of Duty poderá ser jogado têm sido colocadas em causa depois da Microsoft ter comprado a Activision Blizzard por 68.7 mil milhões de dólares. A Sony comentou esta notícia ontem, informando que espera que a Xbox “continue a assegurar que os jogos Activision são multiplataforma”, citando também os acordos que já foram celebrados.

Contudo, um novo artigo publicado pelo Bloomberg indica que os jogos Call of Duty em particular poderão deixar de ter uma periodicidade anual depois da aquisição. Segundo “duas pessoas familiares com as discussões”, é um plano que tem sido discutido entre funcionários com cargos elevados.

Aparentemente, acreditam que tal decisão poderá alterar a performance da série depois de Vanguard ter vendido menos 36% do que Black Ops Cold War no Reino Unido.

Se esta mudança na cadência da publicação acontecer, o Bloomberg nota que não acreditam que tal aconteça antes do próximo ano ou mais tarde. Isto porque a entrada para 2022 continua agendada e é esperado que “redima o sucesso do franchise”. Os rumores afirmam que será uma sequela de Modern Warfare, a obra publicada em 2019.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Call of Duty: Vanguard

para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series

Call of Duty regressa à Segunda Guerra Mundial.

Lançado originalmente:

5 de novembro, 2021