Marcin Iwinski, cofundador da produtora CD Projekt Red, pediu novamente desculpa em nome do estúdio pelo atribulado lançamento de Cyberpunk 2077. No vídeo - que podem ver no final desta notícia - ficamos também a saber em mais detalhe quais são os planos para corrigir e melhorar vários aspetos do Role Playing Game, incluindo a fraca performance que a obra tem na PlayStation 4 e na Xbox One.

O vídeo é acompanhado por um artigo com perguntas e respostas publicado no site da CD Projekt Red e por uma mensagem partilhada na conta Twitter da casa polaca, servindo como explicação para vários dos motivos que levaram aos inúmeros problemas técnicos que assolaram a aventura. É então dito que:

“Tornamos as coisas ainda mais difíceis para nós ao querer primeiro fazer o jogo parecer épico no PC e depois ajustá-lo para as consolas - especialmente para as da geração antiga. Essa foi a nossa suposição central. E as coisas não pareciam muito difíceis inicialmente, enquanto sabíamos da diferença no hardware, derradeiramente, o tempo provou que subestimamos a tarefa”.

A produtora afirma que estão agora focados em corrigir os erros e os crashes, e que vão dar prioridade a isso sobre o conteúdo DLC gratuito que estava planeado. É dito que continuam a ter planos para lançar esse conteúdo, mas que o mesmo chegará depois das correções estarem publicadas. Será “nos próximos meses” que teremos mais novidades sobre o DLC de Cyberpunk 2077.

Como podem ver na imagem incluída no início desta notícia, a produtora partilhou também a cronologia com os seus planos para o jogo durante os próximos meses até 2022 chegar. Já foram publicados três patches e outro ficará disponível nos próximos dez dias.

A equipa está também a trabalhar na atualização para a nova geração de consolas. Sabíamos que a mesma estava agendada para este ano, mas agora é mencionado que Cyberpunk 2077 tirará partido do poder técnico da PlayStation 5 e da Xbox Series na “segunda metade” de 2021.

Importa ainda mencionar que a produtora versou sobre o crunch, dizendo que “a equipa está a trabalhar para entregar correções relevantes para o jogo sem qualquer tempo extra obrigatório. Evitar o crunch em todos os nossos projetos futuros é uma das nossas principais prioridades”.

Cyberpunk 2077 está publicado no PC, PlayStation 4, Stadia e Xbox One desde dezembro de 2020. O Role Playing Game pode ser também jogado na PlayStation 5 e na Xbox Series, algo possível através dos respectivos programas de retrocompatibilidade.

 

Continuem a conversa nos fóruns VideoGamer!