Filipe Urriça por - Jun 29, 2013

Rapaz conta piada em League of Legends; está preso há três meses

Justin Carter é um adolescente do estado do Texas que celebrou o seu décimo nono aniversário atrás das grades por contar uma piada com tom ameaçador durante uma partida de League of Legends.

Justin Carter 2

O jovem estava a jogar uma simples partida de League of Legends quando respondeu a alguém que o tinha chamado de “louco” e “doido” com o seguinte comentário: “Pois é, estou com a cabeça muito baralhada, vou disparar numa escola cheia de crianças e comer os seus corações ainda em batimento”.

Pouco depois do comentário de mau gosto, as próximas duas linhas foram “LOL” e “JK”, disse Jack Carter, pai de Justin, ao canal de televisão KHOU.

Jack Carter ainda proferiu, em declarações ao canal regional do Texas, que “LOL” – acrónimo de Laughing Out Loud – e “JK” – acrónimo de Just Kidding – foram escritos logo de seguida por Justin, o que indica que era uma piada sarcástica.

Uma mulher canadiana que viu os comentários do adolescente contactou de imediato a polícia, depois de verificar que a morada de Justin ficava próxima de uma escola primária. As autoridades consideraram que Justin escreveu uma ameaça terrorista e agora poderá ser sentenciado até oito anos de prisão.

Infelizmente para a família Carter, os comentários do jovem foram feitos dois meses após o massacre à escola primária em Sandy Hook, Connecticut – um episódio muito recente na memória dos norte-americanos. E isto foi relevante para os agentes da autoridade prenderem o adolescente.

“Estas pessoas são sérias. Querem mesmo que o meu filho vá para a prisão por ter feito um comentário sarcástico. Justin era o tipo de miúdo que não lia o jornal. Não via televisão. Não estava ciente dos acontecimentos atuais. Estas crianças não têm noção do que estão a fazer. Não compreendem as consequências. Não compreendem o espaço público”, disse Jack Carter.

Vários amigos e familiares de Carter já iniciaram uma petição para enviar a Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, para que Justin não seja condenado. Podem vê-la aqui.

Fonte: KHOU.com via Polygon

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments