por - Aug 12, 2019

Twitch promoveu pornografia no antigo canal de Ninja

Ontem, Tyler Blevins, mais conhecido como “Ninja”, publicou um vídeo na sua conta Twitter onde afirma que a plataforma Twitch tinha promovido “uma conta pornográfica” no seu canal agora inativo.

Como foi amplamente noticiado, este mês Ninja deixou o Twitch e assinou um contrato de exclusividade com o Mixer, serviço de streaming da Microsoft. Foi uma transferência que deixou muitos fãs surpreendidos, não apenas pela popularidade do Ninja no Twitch, onde era celebrado pelas suas transmissões de Fortnite, mas também porque o Mixer é uma plataforma com uma visibilidade mais modesta.

Depois do Ninja ter saído do Twitch, a empresa aproveitou a conta inativa para promover outros canais, sendo possível ler que “O streamer que procuras está noutro castelo”.

Contudo, ontem, nas ligações para outros streams populares esteve uma conta com conteúdo pornográfico. Os utilizadores que procuravam o canal do Ninja no Twitch, alguns dos quais presumivelmente crianças, testemunharam uma transmissão explícita como um dos canais promovidos. Ninja expressou repugnância e tristeza sobre o que tinha acontecido na sua conta inativa, tal como é possível ver no vídeo publicado no Twitter.

“Bem, houve uma conta pornográfica que era número um nas recomendações no meu canal, e eu não estou relacionado com nada disso,” explicou Ninja. “Esta é a linha. Este é o limite. Estamos a tentar remover o canal completo para começar, ou pelo menos não promover outros streamers e outros canais na minha marca, no meu perfil. Então para todos que viram isso, para os miúdos que viram isso, ou que simplesmente não queriam ter visto aquilo, peço desculpa e sinto muito,” acrescentou.

O Twitch não permite transmissões em direto com “conteúdo sexual explícito e atividades, tal como pornografia, atos sexuais e serviços sexuais, incluindo solicitação e ofertas para tal conteúdo,” pelo que ainda é desconhecido como é que tal conta apareceu no antigo canal do Ninja. Emmett Shear, CEO do Twitch, já se pronunciou sobre a controvérsia e pediu desculpa ao Ninja ontem no Twitter.

“A nossa comunidade vem ao Twitch à procura de conteúdo em direto. Para ajudar a assegurar que encontram canais em direto temos experimentado em mostrar conteúdo recomendado no Twitch, incluindo nas páginas de streamers que estão offline,” afirmou Shear.

“Isto ajuda todos os streamers pois cria novas ligações na comunidade. Contudo, o conteúdo lascivo que apareceu no canal offline do Ninja viola grosseiramente os nossos termos de serviço, e suspendemos de forma permanente a conta em questão,” diz ainda o CEO.

Jessica Blevins, mulher e gestora do Ninja, não apreciou a resposta do CEO. Blevins destacou que o Twitch está descontente com a saída do Ninja e tem como objetivo destruir a sua marca como consequência, como podem ler nesta mensagem.

A conta do Ninja no Twitch tem, neste momento, o aspeto de um canal offline, sem que esteja presente a promoção de outros canais, mostrando apenas a última transmissão do Ninja na plataforma. O streamer afirmou que quer o seu canal completamente removido, mesmo antes desta polémica ter acontecido. Até ao momento ainda não se sabe se tal acontecerá.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Fortnite

para iOS, Nintendo Switch, PC, PlayStation 4, Xbox One

Epic Games unleashes their next project in this trailer from the 2011…

Lançado originalmente:

25 July 2017