por - Mar 2, 2015

Valve alia-se à HTC e entra no mundo da realidade virtual

A Valve acaba de lançar as primeiras informações sobre a sua entrada na indústria da produção de dispositivos de realidade virtual, sob a forma de um novo headset produzido em conjunto com a HTC e que terá o nome de HTC Vive.

A aliança inesperada entre o gigante da indústria dos videojogos e a produtora de dispositivos eletrónicos sediada em Taiwan tem como principal objetivo combinar as tecnologias de ambas as empresas, juntando “gráficos de alta qualidade”, uma “incrível fidelidade” e “suporte para conteúdos até 90 frames por segundo” num único aparelho.

A HTC já se pronunciou sobre este novo anúncio, começando por referir que o dispositivo irá “transformar o modo como os consumidores interagem com a tecnologia e com o mundo ao seu redor”.

“É raro que uma empresa tenha a oportunidade de transformar para sempre a maneira como as pessoas interagem com o mundo e comunicam uns com os outros, mas isso é exatamente o que pretendemos fazer em conjunto com a Valve”, começou por dizer Cher Wang, a presidente da HTC.

Do outro lado, o foco não parece muito distinto: “A nossa colaboração com a HTC é motivada pelo desejo comum das empresas para produzir a experiência de realidade virtual mais atraente e completa”, acrescentou Ken Birdwell, da Valve. “E entregar a versão de desenvolvimento aos criadores de conteúdo com o é um marco extremamente importante para os nossos esforços”.

Apesar do envolvimento de uma das maiores produtoras de conteúdo relacionado com videojogos, o par aproveitou ainda para subir a fasquia e garantir que a meta a atingir não se define apenas no que aos videojogos diz respeito. “Atividades como viajar, assistir a um jogo, encontrar os amigos ou até mesmo fazer compras nunca mais serão as mesmas e as empresas estão a trabalhar com os criadores de conteúdo principais, incluindo o Google, HBO, Lionsgate e Museu do Palácio Nacional de Taiwan, a fim de tornar essa visão uma realidade”, concluiu o representante da HTC.

Apesar de ainda não ter recebido um preço concreto, é já sabido que uma versão final que poderá ser testada pelo consumidor está prevista para ser lançada durante o final deste ano.

Comentários

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments